JPMotos
Morre o homem que estava com Travesti no dia em que esta foi morta a tiros em Barbalha
2 de abril de 2018 às 08:06
97
Visualizações

Um homem morreu no Hospital Santo Antonio de Barbalha uma semana após ser baleado naquele município se constituindo no terceiro homicídio do mês de março e 11º do ano ou 52,38% em relação aos 21 assassinatos registrados no decorrer do ano passado em Barbalha. Inclusive, este ano, já superando os 10 homicídios ocorridos em Crato e se aproximando dos 16 que aconteceram em Juazeiro.

Por volta das 14h30min deste sábado João Mauro Granjeiro, de 47 anos, que residia no Sítio Venha Ver na zona rural de Barbalha. Morreu na UTI daquele hospital. Às 21h30min do último domingo, no cruzamento das ruas Paulo Marques e Projetada “N” no Parque Bulandeira, ele foi lesionado com um tiro de pistola na cabeça e socorrido em estado grave. Naquele dia mataram a travesti Francisco Maceildo de Melo Matias, de 31 anos, que morava em Juazeiro (BA) e tinha vindo rever os pais no Parque Bulandeira.

No local, os Sargentos Roberto e Rodrigues e os Soldados Nascimento,Vieira, Antero e Geamisson souberam que o acusados que se aproximaram das vítimas à pé e, provavelmente, apanharam uma moto mais à frente. Eles ainda diligenciaram sem o êxito de localizar a dupla assassina.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários