JPMotos
Morto a tiros em Juazeiro filho da dona de bar onde soldado PM foi assassinado em Campos Sales
10 de Maio de 2018 às 11:58
39
Visualizações

Dois homicídios à bala foram registrados num intervalo médio de duas horas entre a tarde e a noite de ontem em Juazeiro do Norte. O primeiro foi o mototaxista de Crato, Paulo César Gonçalves Ribeiro, de 32 anos, assassinado no bairro Jardim Gonzaga. Já por volta das 19h30min Jeudalvo da Silva Nascimento, de 35 anos, que era conhecido em Campos Sales como “Jeú”, foi executado a tiros dentro de sua casa na Rua Joda Dias no bairro Tiradentes.

Ele estava na rua quando notou dois homens se aproximando em uma moto e viu um deles sacando arma de fogo. “Jeú” correu, mas foi perseguido e baleado tombando morto no banheiro de sua residência. A polícia foi acionada e a equipe Moto Patrulhamento diligenciou sem o êxito de prender a dupla assassina. A vítima era filha de “Miúda” dona de um bar no Bairro Aparecida em Campos Sales, onde o Soldado do RAIO, José Roberto Lemos Soares, de 25, que residia em Juazeiro, foi morto a tiros.

Na manhã do dia 8 de maio de 2016 ele e outros colegas de farda averiguavam informações dando conta da chegada de um 1 Kg de cocaína e a presença de traficantes no estabelecimento. Ao chegarem, foram recebidos à bala e houve revide quando o PM tombou morto a exemplo de um dos acusados, Jeremias Araújo da Silva, de 28 anos, enquanto o Soldado Edmilson Passos de Araújo saiu ferido no braço. Desde essa época, a dona do bar e seu genro Alex de Castro Aquino, o “Zé Doido”, estão foragidos.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários