JPMotos
Mototaxista e açougueiro são presos com mais de 2 quilos de maconha, armas, munições e animais silvestres
23 de dezembro de 2017 às 13:12
42
Visualizações

Nesta sexta-feira (22) por volta das 10h30min, dois homens foram presos pela polícia militar de Brejo Santo e um terceiro conseguiu se evadir, após um deles ter sido denunciado via 190 de está escondendo armas de fogo e drogas, em um imóvel localizado na Rua José Carlota, bairro Renê Lucena 2. Um dos envolvido trata-se do mototaxista Antonio Mendes Tavares Lucena, vulgo “Tonho Moto Taxi”, 27 anos, residente na Rua Cinco, 1061, naquele bairro.

Em poder dele a policia diz apreendido um revólver calibre 38, capacidade para cinco cartuchos totalmente municiado; uma balança de precisão; 506 gramas de maconha prensada; um pássaro Galo de Campina; um aparelho de celular; além da quantia de R$ 9,05 (nove reais e cinco centavos em dinheiro. Segundo a polícia, “Tonho Moto Taxi” confessou a posse dos objetos bem como também informou que comprou a arma pelo valor de R$ 1.400,00, ao desocupado Bruno Ferreira, vulgo “Bruno do Trafico”, 26 anos, este que ao avistar a guarnição PM evadiu-se de sua residência tomando rumo ignorado.

Ainda de acordo com a polícia, o mototaxista ainda disse, ter entregado sua motocicleta ao açougueiro de nome Thiago dos Santos Ramos, vulgo “Thiaguinho” 30 anos, residente no Sitio Poço do Pau, Zona Rural, Brejo Santo para que este trocasse o veiculo em drogas.

Em ato contínuo o policiamento se dirigiu a residência de “Thiaguinho” onde apreendeu 1.600kg de maconha prensada; uma espingarda de pressão calibre 5.5; um cartucho calibre 12 deflagrado; três pássaros silvestres, um Galo, um Caboclo Lindo e outro Viana; um apito arremedador de pássaros; um recipiente em formato de chifre para acondicionamento de pólvora vazio, outro contendo chumbo; um sacola contendo aves silvestres abatidas; e um animal silvestre “Peba”.

Conforme o registro policial, consulta ao sistema de informações policiais verificou que “Tonho Moto Taxi”, consta em inquérito policial como testemunha de um crime homicídio; enquanto que Bruno tem um mandado judicial em aberto bem como já responder a procedimentos policiais, por porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo, roubo, ameaça, furto de veiculo, além crime de violência domestica. Já “Thiaguinho” responde a Inquérito Policial por porte ilegal de arma de fogo.

Diante dos fatos, “Tonho Moto Taxi” e “Thiaguinho” juntamente com os produtos da apreensão foram apresentados ao delegado plantonista na Delegacia Regional de Policia Civil de Brejo Santo/CE, para adoção dos devidos procedimentos.

ComentáriosComentários