JPMotos
Operação da PM prende 5 integrantes de facção criminosa em Jaguaribe
25 de agosto de 2018 às 06:05
82
Visualizações

Uma operação denominada de `Caixa de Pandora´ realizada por policiais militares da terceira companhia do 1º Batalhão de Jaguaribe, resultou na prisão de cinco integrantes de uma facção criminosa Guardiões do Estado (GDE), envolvidos na morte do adolescente Eligleison Bandeira Neves, 16 anos, que morava na rua José Chaves Caetano, no bairro Mutirão.

Eligleison foi assassinado a tiros as 10h30 da ultima terça feira, dia 21, quando se encontrava em uma academia de musculação na rua Aloisio Diógenes, no bairro Expedito Diógenes. O adolescente foi eliminado por criminosos em uma moto que invadiram o local mandando as pessoas se deitar em meio a um suposto assalto e em seguida abriram fogo em Eligleison e fugiram.

A polícia militar através do serviço de inteligência tomou conhecimento que um dos criminosos teria se hospedado em pousadas de Jaguaribe mas não foi localizado. Em seguida, informações davam conta de que o autor do crime seria Leovanio Queiroz de Lemos, de 24 anos, residente na cidade de Senador Pompeu. Os PMs se deslocaram até Senador Pompeu e localizaram Leovanio em uma moto modelo 125, azul, de placa CMZ 8154, licença de São Paulo, que possivelmente foi usada no homicídio.

Leovanio Queiroz confessou o homicídio na academia de Jaguaribe e disse ter sido a mando de Dyones Nunes Soares, o Bob, preso na CPPL de Fortaleza, para ser batizado na facção GDE. O acusado revelou ainda aos policiais que Bob forneceu a arma, a  moto e o olheiro. Uma menor da cidade ficou com a missão de rastrear a vítima. Disse ainda que Francisco Robson Pinheiro Silva, conhecido por “10 anos”, de 28 anos, foi deixar a arma de fogo, um 38 municiado, usado no crime e depois foi pegar.

Os PMs foram até a casa da menor na cidade de Jaguaribe, e ela havia fugido para residência da mãe no distrito de Mapuá. Lá chegando a menor confessou a participação no crime da academia apontando Eligleison e fugido em seguida com Leovanio após o delito. As diligências tiveram continuidade e após a apreensão da menor, foi preso em casa Francisco Robson, o 10 anos, que se encontrava com um revólver na cinta fazendo menção de sacar para os militares, sendo imobilizado. No imóvel de 10 anos, a Polícia Militar encontrou 13 papelotes de cocaína e certa quantia em dinheiro. 10 anos relatou que tinha guardado a arma na casa de Vitória Magna França Sousa, de 18 anos, também de Jaguaribe, onde já era costume e que trabalha para Bob e Mike.

Dando prosseguimento a operação, os PMs estiveram na casa de Vitória, onde ela relatou que vende drogas para pessoa de Mike, o R7, preso no Tourão de Juazeiro do Norte e que trabalha para Bob. A droga já havia sido repassada para Paulo Henrique Saraiva Bezerra, 19 anos, que realizava o tráfico e já tinha escondido arma na casa dele para cometimento de crimes, como homicídios.

Material apreendido na operação (Foto: Richard Lopes/agência Miséria)

Outro a ser preso na operação foi Luiz Landelo de Araújo Calixto, 29 anos, com 14 papelotes de cocaína escondidos dentro de um tubo de cilíndro de PVC e dinheiro. Luiz Landelo afirmou que trabalhava para Bob e que teria mando a menor “olheira” ir a procura de Leovanio, para Matar Eligleison, pois assim ele seria batizado na GDE, em virtude da vítima pertencer a outra facção, finalizou um militar que não quis se identificar.

O quinteto foi encaminhado para delegacia regional de polícia civil de Jaguaribe pelas equipes Alfa e Delta da PM onde foi autuado por homicídio, tráfico, associação ao tráfico, organização criminosa e posse de arma.

As informações são do correspondente Richard Lopes

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Agência Miséria

ComentáriosComentários