JPMotos
Polícia ambiental apreende em Barbalha 35 aves silvestres criadas em cativeiros
30 de janeiro de 2019 às 11:10
329
Visualizações

Uma ação de militares da Companhia de Policia Ambiental de Juazeiro resultou na apreensão de 35 aves silvestres e diversas gaiolas no final da manhã desta terça-feira. A operação aconteceu na região do Sítio Lagoa na zona rural de Barbalha por meio de uma patrulha da CPA com os Sargentos Hertz e Leite e mais os Soldados Cledson e Anailton.

Os policiais estiveram em várias residências, cujos proprietários fugiram ao notarem a aproximação da viatura e não foram identificados. Os pássaros sim, pois eram oito galos de campina, nove golinhas, dois periquitos do sertão, três azulões, sete bicos de prata e mais seis canários da terra. Todos devolvidos à natureza pelos PMs que estiveram no Sitio Pinheiro em Barbalha.

Segundo o Sargento Hertz, alguns deles em espaços próprios destinados a um processo de readaptação. Para ele, o combate à criação de aves em cativeiro desestimula a busca destas na mata as quais, muitas vezes, estão com filhotes em ninhos e saem à procura de alimentos quando são recolhidas deixando seus filhotes desprotegidos.

O Sargento lembra ainda que esse período de inverno é bastante propício para a procriação das aves e prometeu que a CPA vai intensificar as buscas no combate ao crime ambiental. Ele citou, também, que, além do processo administrativo, o acusado paga multa de R$ 500,00 por cada ave. E caso a espécie esteja em processo de extinção, a multa chega a R$ 5 mil.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários