JPMotos
Polícia caça bandidos que mataram guarda municipal durante assalto em Horizonte
4 de dezembro de 2017 às 10:40

Paulo Régis Lopes, 29 anos, morreu quando era atendido na UPA de Horizonte

VEJA VÍDEO DO SEPULTAMENTO DO AGENTE ASSASSINADO: 

Subiu para 27 o número de agentes da Segurança Pública mortos no estado do ceará neste ano. A vítima mais recente da violência foi um guarda municipal da cidade de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Ele foi assassinado, a tiros, na noite do último sábado (2) ao reagir a ataque de assaltantes no Centro da cidade. Os bandidos seguem foragidos.

A população de Horizonte foi às ruas neste domingo para acompanhar o velório e sepultamento do guarda municipal Paulo Régis Lopes. Na noite de sábado ele foi atingido por, pelo menos, cinco tiros, sendo dois na cabeça, dois nas costas e um no tórax.

O guarda fazia a segurança de um posto de arrecadação do Totolec, quando o local foi atacado por dois bandidos que chegaram ali num veículo modelo Ford Ka branco. A dupla pretendia roubar todo o dinheiro arrecadado nas vendas dos bilhetes lotéricos, mas o guarda decidiu intervir. Na troca de tiros, ele foi baleado e os assaltantes ainda roubaram sua arma, fugindo em seguida.

Paulo Régios ainda chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento de Horizonte (UPA), mas não resistiu, morrendo na Emergência.

Um cerco policial foi feito em toda a região entre os Municípios de Horizonte, Pacajus, Chorozinho, Cascavel e Barreira, mas até a noite de domingo os assaltantes continuavam foragidos. O corpo do guarda municipal vítima do latrocínio (roubo seguido de morte) foi examinado na sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) na manhã do domingo e no fim da tarde sepultado com honras.

O caixão foi transportado até o cemitério em um caminhão do Corpo de Bombeiros Militar. O cortejo reuniu dezenas de guardas, policiais civis e militares, bombeiros e muitos familiares e amigos de Paulo Régis. A Delegacia Metropolitana de Horizonte (DMH) deve instaurar inquérito nesta segunda-feira (4) para investigar o crime.

Retrospectiva

Neste ano, 27 agentes da Segurança Pública foram assassinados no Ceará, a maioria ao reagir a assaltos. No total, foram 19 policiais militares, seis guardas municipais, um bombeiro militar e um inspetor da Polícia Civil.

Com Informação Fernando Ribeiro

111 total views, 1 views today

ComentáriosComentários