JPMotos
Polícia Civil e Guarda Municipal prendem quadrilha que expulsava moradores de casa no Conjunto Palmeiras
12 de novembro de 2019 às 10:30
48
Visualizações

Quadrilha do Palmeiras

A quadrilha era temida pelos moradores, mas uma denúncia levou a Polícia a desarticular o bando

Policiais do 30º DP (Conjunto São Cristóvão/Jangurussu) capturaram em Fortaleza uma quadrilha suspeita de invadir casas e apartamentos do programa “Minha Casa, Minha Vida”, e expulsar moradores para montar nos imóveis esconderijos de drogas, armas e munições. O grupo era chefiado por um homem de 30 anos, apontado como traficante e membro de uma facção criminosa que agia no Conjunto Palmeiras, na zona Sul da Capital.

Nas investigações realizadas pelos policiais do 30º DP, eles chegaram aos nomes de pessoas envolvidas em crimes na região, um deles a expulsão de uma família e também o furto de pertences das vítimas. Com o resultado da apuração, foi feita incursão por parte dos agentes de segurança e foi localizado Christiano Moreira de Araújo (30), que já possuía antecedentes criminais por lesão corporal, receptação, roubo e ameaça. Ele é apontado como um dos responsáveis por práticas criminosas na área. Inicialmente, Christiano se negou a passar sua identificação aos agentes de segurança, o que aconteceu posteriormente no 30º DP, após este ser submetido à verificação por tecnologia biométrica.

No local onde Christiano foi encontrado, estava sua companheira, identificada como Daniele Costa Santos (31), que tinha antecedentes criminais por furto e também é apontada como integrante do grupo responsável por crimes na região.

Dando continuidade à incursão, os policiais do 30º DP se depararam com Marcos Renan Monteiro Silva (25), com passagens pela Polícia por roubo; e Antônia Rafaela Gomes da Silva (33), com antecedentes por tráfico de drogas e crime contra a administração pública, ambos também ligados a realização de atos ilícitos no bairro e regiões adjacentes. Durante a ação, os policiais ainda encontraram bens roubados das vítimas do bando. Os objetos foram recolhidos e levados para a delegacia, com o apoio de uma equipe da Guarda Municipal de Fortaleza. Os quatro suspeitos foram levados ao 30º DP, onde todos foram autuados pro crimes contra o patrimônio. A Polícia Civil mantém as investigações, com o objetivo de capturar outras pessoas envolvidas em crimes na área.

Com Informações Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários