JPMotos
Polícia civil prende segundo suspeito de arrombamento a igreja católica de Icó
29 de maio de 2017 às 11:10

Os inspetores Pinheiro, Ésio e Jéssica, prenderam neste Domingo, no mercado público, nas proximidades da coluna da hora, o segundo suspeito de um ataque a igreja do Monte, na última sexta feira a noite.

Os delinquentes haviam pulado o muro e arrombado uma das janelas da igreja para subtrair o dízimo de um cofre que foi violado e um microssystem, e ainda tentaram levar uma caixa de som que ficou ao lado da igreja. Na manhã do sábado um sacristão havia comunicado o caso na delegacia.

Os inspetores Pinheiro e Jéssica com o delegado plantonista Caio Tomazzi iniciaram diligências e prenderam no centro da cidade, José Justino da Silva de 28 anos, o Zé Gambá.

A prisão de Zé Gambá foi inusitada. Ele ao pular uma murada ao lado da igreja ficou ferido nas pernas e saiu caminhando até o hospital se esvaindo em sangue, e o prontuário de entrada na unidade hospitalar foi decisivo para sua prisão. José Justino confessou aos policiais que seu comparsa era  Rangel Rodrigues da Silva, de 29 anos, residente no Conjunto Delta, e ele que teria ficado com o dinheiro do dízimo e o microssystem.

Na manhã do domingo Rangel acabou sendo preso na coluna da hora no mercado da cidade em uma viatura descaracterizada pelos inspetores Ésio, Pinheiro e Jéssica e apresentado ao delegado Girlando Pereira onde foi autuado por furto qualificado. Rangel é suspeito de uma série de arrombamentos na cidade, subtraindo botijoes de gás além de outros delitos.

A polícia até o momento não recuperou o dinheiro do dízimo nem o microssystem. Ele já tinha se desfeito. O segundo exímio arrombador de Icó, desta feita, foi autuado por furto qualificado pelo delegado Girlando Pereira e se encontra na cadeia a disposição da justiça.

Com informações do radialista Richard Lopes

Por Agência Miséria
Com Parceria Site Miséria.com.br

232 total views, 4 views today

ComentáriosComentários