JPMotos
Polícia faz “limpeza” no Cariri e coloca na cadeia 39 acusados de furtos e roubos na região
28 de setembro de 2018 às 09:40
64
Visualizações

A Operação Midas resultou nas prisões de 39 pessoas acusadas de furtos e roubos na região do Cariri a partir do cumprimento de mandados judiciais. A “limpeza” foi executada num intervalo de dois dias por inspetores, escrivães e delegados da Polícia Civil com mais de 60 prisões em se tratando de toda a região Sul do Ceará ao incluir a área de Iguatu e parte dos Inhamuns.

Segundo o Delegado Regional de Polícia Civil de Juazeiro, Juliano Marcula, alguns já estavam encarcerados e houve apenas a substituição da prisão cautelar por preventiva. Na área da 20ª DRPC foram 24 prisões – incluindo dois menores -, sendo 20 em Juazeiro, duas em Barbalha e outras duas em Missão Velha. Já a Regional de Crato respondeu por 12 prisões com outras três na Delegacia Regional de Brejo Santo.

A operação Midas foi executada em todo o Brasil e, somente no Ceará, mais de 100 pessoas foram presas e aí incluem casos de latrocínios. Em nosso estado, quase 500 policiais civis participaram das abordagens feitas na quarta e quinta-feira. Um dos presos preventivamente em Juazeiro do Norte foi James Sousa Gonçalo, de 20 anos, acusado de participar de assalto na Escola José Bezerra na área central da cidade.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

 

ComentáriosComentários