JPMotos
Polícia prende acusado de atirar num menor em Crato o qual continua em estado grave
6 de junho de 2017 às 06:30

Militares da Força Tática de Apoio (FTA) de Crato agiram rápido e prenderam um homem acusado de tentar matar um adolescente de 17 anos e que responde vários procedimentos perante a justiça. O ex-presidiário José Arquelau da Silva, de 31 anos, mora na Rua do Cruzeiro, 244 (Bairro Pinto Madeira) naquele município, e foi preso no início da tarde deste domingo. No dia anterior, o mesmo lesionou com um tiro no rosto o menor Rhayan de Lima Duarte.

O crime aconteceu na tarde de sábado na Rua Monsenhor Lima daquele bairro, onde estiveram militares do Policiamento Ostensivo Geral os quais trataram de socorrer a vítima na própria viatura em estado grave ao Hospital São Camilo. Ontem, equipe da FTA soube que o acusado estaria refugiado na Rua 05 do Conjunto Minha Casa Minha Vida situado no bairro Barro Branco e foi lá. Sua companheira negou que o mesmo estivesse no imóvel, mas Arquelau terminou aparecendo e se entregando aos policiais.

Além disso, confessou a tentativa de homicídio apontando “rixas antigas” como motivo quando terminou apresentado ao Delgado de Crato, Denis Leonardo Ferraz. Segundo a polícia, Arquelau já responde por dois crimes de lesões corporais praticados em março e agosto de 2004 quando tinha apenas 18 anos. Antes, era menor de idade, quando praticou um crime de latrocínio em Crato no dia 27 de novembro de 2003. Ele responde ainda por crimes de porte de arma (2010); uso de drogas (2013); e dano (2014)

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

91 total views, 1 views today

ComentáriosComentários