JPMotos
Policiais do GTE da Polícia Civil de Cajazeiras prendem dois suspeitos de terem matado Pai e Filho na cidade de Bom Jesus
21 de dezembro de 2016 às 11:57
82
Visualizações

 

boba-e-leandro

Mais dois suspeitos tiveram prisões decretadas pela Justiça, porém estão foragidos da justiça.

O Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Cajazeiras (GTE) prendeu nessa segunda-feira (20) dois jovens suspeitos de participar do duplo homicídio ocorrido na cidade de Bom Jesus, no Sertão da Paraíba. A prisão ocorreu por força de mandado de prisão expedido pela Justiça de Cajazeiras.

Veja matéria anterior: Homicídio duplo na madrugada de hoje na cidade de Bom Jesus-PB Foram cerca de 10 tiros, veja fotos.

O crime ocorreu em 3 de dezembro deste ano e deixou como vítimas, pai e filho. Eles teriam invadido uma casa localizada próximo ao centro cultural, e iniciado um tiroteio atingindo José Laércio Farias de Oliveira, 65 anos, que teve morte no local.

Foi atingido também José Leandro Soares de Oliveira, (Leandrinho dos Bodegas), 23 anos, que morreu no hospital.

Mais dois suspeitos tiveram prisões decretadas pela Justiça, porém estão foragidos da justiça. Os dois suspeitos foram encaminhados para o Presidio Padrão de Cajazeiras onde permaneceram a disposição da justiça.

Relembre
Pai e filho foram assassinados a tiros na madrugada deste sábado (03) na cidade de Bom Jesus, Alto Sertão paraibano, após a residência onde eles moravam ser invadida por cerca de quatro homens armados ainda não identificados.

De acordo com as primeiras informações, os elementos invadiram a casa e abriram fogo contra o senhor José Laércio de Oliveira, de 65 anos. O idoso estaria deitado em uma rede assistindo televisão no momento do atentado e morreu no local.

A mãe de Leandrinho teria relatado que estava em casa no momento do crime e foi rendida pelos bandidos, que em seguida teriam a colocado contra a parede e dito que nada aconteceria a ela.

thumb-310x228

COM PARCERIA DIÁRIO DO SERTÃO

ComentáriosComentários