JPMotos
Polícia prende dupla que assassinou travesti. Vítima foi espancada até a morte dentro de casa
20 de setembro de 2019 às 09:02
58
Visualizações
Maracanaú presos

Os dois jovens foram presos por policiais do Núcleo de Homicídios da Delegacia de Maracanaú 

Dois jovens apontados como envolvidos na morte de um travesti foram presos nesta quinta-feira (19) após uma investigação realizada por policiais do Núcleo de Homicídios da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O crime ocorreu no mês passado, quando a dupla, de acordo com a Polícia, matou a vítima através de espancamento dentro de uma residência.

Segundo a Polícia, Wilber Félix de Oliveira, 29 anos, foi encontrado morto dentro de casa, localizada na Rua José Batista de Santos, no Distrito de Pajuçara. Conforme a Perícia, a vítima foi espancada até a morte. A vizinhança chamou a Polícia e os assassinos fugiram. Para invadir a casa de Wilber os criminosos arrombaram uma porta.

De acordo com a investigação da Polícia, os dois suspeitos são Antônio Joélio Paulino da Silva Dias, de 22 anos; e Douglas Bento de Azevedo, 20. Em depoimento na Delegacia, eles confessaram o crime e alegaram que o travesti havia furtado o telefone celular de um deles e decidiram matá-lo.

Com a prisão dos acusados, a Polícia afirma que o crime está esclarecido. Os dois jovens foram indiciados por crime de homicídio qualificado (com pena de 12 a 30 anos de prisão) e transferidos, ontem, para a carceragem do Complexo das Delegacias Especializadas (Code), no bairro de Fátima, onde permanecerão até a transferência para um presídio da Grande Fortaleza.

Com Informações Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários