JPMotos
Polícia prende quatro pessoas em Juazeiro e Crato e apreende seis armas de fogo
27 de setembro de 2017 às 11:25

Nas últimas horas operações de desarmamento na região do Cariri resultaram nas prisões de quatro pessoas e apreensões de seis armas de fogo. Foram duas espingardas, uma pistola e um revólver em Juazeiro e mais duas espingardas em Crato. Ainda no final de semana uma equipe da FTA comandada pelo Sargento Amorim esteve no Sítio Barro Branco em Juazeiro onde prendeu Cícero Silva Alves, de 30 anos, com duas espingardas e outros apetrechos de caça.

Antes, no cruzamento da Rua José Andrade de Lavor com a Avenida Castelo Branco (Santa Tereza) policiais militares já tinham interceptado uma caminhonete Amarok de cor prata e placa OIL-9998 dirigida por Valdemar Tenório da Silva, de 34 anos, No interior do carro, os PMs encontraram uma pistola calibre 380 tendo um carregador com 10 munições intactas e três gramas de cocaína. Ele já responde por roubo de veículo, falsidade ideológica, crime de trânsito, uso e tráfico de drogas.

Pouco tempo depois, uma equipe da FTA esteve no Conjunto Minha Casa Minha Vida (Betolândia), onde uma jovem de 19 anos denunciou ter sido ameaçada de morte. Os PMs estiveram na residência da acusada Eliene de Jesus da Silva Santos, de 36 anos, quando apreenderam um revolver calibre 32 com dois cartuchos intactos e um picotado levando-a para autuação na delegacia por crimes de ameaça e posse de arma de fogo.

No final da noite deste domingo, porém perto do Bar de Arquimides às margens da CE-060 (Bairro Grossos) em Várzea Alegre, a polícia prendeu Lusimar Vieira Duarte, de 32 anos, que mora perto. O mesmo procedia de sua residência em direção ao estabelecimento com uma faca de mesa e um gargalo de garrafa. Ele tinha discutido com o segurança Diogo Gonçalves Pedralino Oliveira, de 24 anos, que trabalha no local e tentou reprimir as desordens no que Lusimar foi em casa se armar.

Já às 19h30min desta segunda-feira uma patrulha da Polícia Militar esteve na Rua Fernando Feitosa (Bairro Gisélia Pinheiro) em Crato após tomar conhecimento de uma briga entre vizinhos. No local, testemunhas informaram que Francisco Rafael Rocha da Costa tinha se desentendido com o vizinho e possuía armas em sua residência já que os populares temiam que algo pior acontecesse. Rafael autorizou a entrada dos PMs em sua casa os quais encontraram duas espingardas artesanais quando terminou levado à Delegacia de Policiai Civil de Crato.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

86 total views, 1 views today

ComentáriosComentários