JPMotos
Preso acusado de tentar matar sua sogra ateando fogo na casa dela em Jardim
24 de agosto de 2017 às 15:24

Cumprindo mandado de prisão preventiva expedido pela Comarca de Jardim, inspetores da Delegacia de Polícia Civil local recolheram o jovem Romério Luciano Pereira, de 24 anos, que se encontra na cadeia pública à disposição da justiça. Ele estava foragido e, por volta das 17h30min desta quarta-feira, foi localizado na Rua Vereador Senhor Matias onde mora a sua mãe. Romério já tem várias passagens pela polícia e, no último dia 12 de agosto, tentou matar sua sogra ateando fogo na casa dela.

O mesmo responde quatro procedimentos que tramitam em segredo de justiça e é investigado por crimes de violência doméstica, injúria, ameaça, tentativa de homicídio e danos. Uma de suas companheiras foi Samara dos Santos Oliveira e Romério tentou matar por cujo crime responde Ação Penal protocolada no dia 17 de junho de 2013 na comarca de Jardim.

Depois veio Juliana Maria Pereira que terminou ameaçada de morte e foi embora da cidade, mas foi protocolado Inquérito Policial no último dia 1º de agosto na comarca local. Onze dias após, ele ateou fogo na casa da mãe dela. Nos últimos dias estava tendo um relacionamento amoroso com uma garota identificada apenas por “Andreza”, que é de Cedro. Ela, também, foi agredida e teve os cílios queimados com um isqueiro quase prejudicando sua visão.

ATENTADO – Por outro lado a polícia de Brejo Santo prendeu dois jovens acusados de uma recente tentativa de homicídio no Bar do Maciel que funciona no Sitio São Sebastião. Ricardo Gomes Pereira reside no Sítio Unha de Gato e Thiago Pereira da Silva mora na Rua Santa Terezinha no bairro São Francisco. Durante bebedeira, houve discussão por motivos banais como os irmãos Wilson Miguel de Macedo e Francisco Nelson Macedo residentes no Sitio Beleza em Brejo Santo.

Os acusados deixaram o local e, momentos depois, retornaram com uma espingarda e a intenção de matar os irmãos. Em meio ao entrevero, Ricardo efetuou um disparo e este não atingiu seus desafetos quando o dono do estabelecimento identificado por Maciel Alves de Oliveira, ali residente, interveio no conflito. A polícia foi acionada prendendo Ricardo e Thiago com uma espingarda calibre 36 tendo três cartuchos intactos e um deflagrado.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

141 total views, 1 views today

ComentáriosComentários