JPMotos
Preso comerciante que matou ex-mulher com tiro de escopeta em Farias Brito alegando traição
20 de agosto de 2017 às 08:34

O comerciante Germano Oliveira Silva, de 47 anos, residente na Travessa Senhora Conceição, 12 em Farias Brito foi preso no início da manhã deste sábado naquele município. Ele é réu confesso no assassinato de sua ex-companheira Cleidiana Rosendo de Sousa, de 31 anos, morta com um tiro de escopeta no pescoço às 19h30min de quarta-feira, (16) dentro da casa dela na Rua do Cruzeiro, 263 no centro da cidade. A polícia já dispunha de um mandado de prisão preventiva expedido pela justiça

Após ser apresentado na 19ª Delegacia Regional de Policia Civil de Crato, Germano concedeu entrevista ao repórter do Miséria, Normando Sóracles, quando manifestou arrependimento e chorou. Ele disse ter vivido durante oito anos com Cleidiana e alega ter sido traído por esta e até agredido certa vez. Acusou a ex-mulher de gastar indevidamente o dinheiro oriundo do benefício previdenciário que o filho de 5 anos do casal recebe por ser uma pessoa especial.

Ele foi preso por patrulhas da PM com os Sargentos Barbosa, Cassiano e Sérgio e os Soldados Aquino, Mendonça e Idênio. Pelo Subtenente Simplício, comandante do Destacamento de Farias Brito, terminou apresentado ao Delegado Sérgio da Silva Júnior, que preside o inquérito e foi o autor do pedido de prisão preventiva feito à justiça. Germano terminou recambiado à cadeia pública de Farias Brito e já se encontra a disposição do poder judiciário. Na noite do crime, a polícia já tinha encontrado abandonado o carro dele um Gol de cor branca.

O veículo estava em frente à casa de um parente do acusado no Sítio Clemente já que optou por dar continuidade ao seu plano de fuga por dentro de um matagal. No dia 23 de janeiro deste ano, Germano foi pronunciado pela justiça de Farias Brito para sentar no banco dos réus e ser julgado pela tentativa de homicídio contra Antônio Robisvan Souza Pereira, o “Erivan”, em setembro de 2011. Outros atentados praticados por ele tiveram como vítimas Maria Mendes de Oliveira e José Jocélio de Menezes.

Assista entrevista exclusiva:

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

392 total views, 1 views today

ComentáriosComentários