JPMotos
Preso em Araripe agricultor que assediava enteada de 15 anos e ameaçou matar ela e a mãe
19 de junho de 2018 às 11:51
149
Visualizações

Uma longa história de assédio sexual que já durava cerca de dois anos chegou ao final na noite desta segunda-feira na zona rural de Araripe. O medo de falar o que vinha acontecendo estacionou num ambiente de novas ameaças mesmo reforçadas ante a exibição de uma espingarda. Por volta das 18h30min desta segunda-feira a doméstica Margarida Jordão da Silva, de 43 anos, ligou para a polícia denunciando o companheiro.

Quando a patrulha composta pelo Sargento Xavier, o Cabo R. Costa e o Soldado Alencar chegou ao Sítio Alagoinha dos Ferreiras na zona rural de Araripe, ela sentiu-se encorajada e denunciou que, há dois anos, o seu companheiro e agricultor Antonio Masceno da Silva, de 60 anos, vem tentando seduzir sua filha de apenas 15 anos de idade a praticar relações sexuais com o mesmo sob ameaças de morte.

O acusado é padrasto da garota e, ontem, houve nova e acirrada discussão entre os três quando os ânimos ficaram acalorados e Margarida prometeu contar o caso à polícia. Daí, Antonio ameaçou mãe e filha de posse de uma espingarda e a vítima ligou para o Destacamento Militar de Araripe, cujos PMs chegaram ao local antes que acontecesse algo pior.

No imóvel, os policiais apreenderam uma espingarda cartucheira calibre 28 desmuniciada em poder do agricultor que foi trazido à Delegacia de Crato juntamente com a adolescente que confirmou os assédios e a mãe dela. O Delegado de Polícia Civil, Flávio Santos, lavrou o flagrante contra Antonio por violência doméstica e posse ilegal de arma de fogo. Quanto à tentativa de estupro de vulnerável, o inquérito vai ser enviado à Delegacia de Araripe para as devidas  investigações.

 


Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários