JPMotos
Preso em Juazeiro acusado de matar dois a golpes de foice ontem em Milagres
2 de outubro de 2018 às 05:05
25
Visualizações

Um homem acusado de duplo homicídio neste domingo na zona rural de Milagres foi preso por volta das 10 horas desta segunda-feira por policiais militares do RAIO no bairro Santa Tereza em Juazeiro do Norte. Após matar duas pessoas a golpes de foice, o usuário de drogas e reciclador Cícero Nilton da Silva, de 43 anos, conhecido como “Cícero do Lixo”, “Pajé” e “Cacique”, ele veio direto para a chamada cracolandia que fica na Avenida Carlos Cruz perto do Hiper Bompreço, onde mora e foi preso.

O mesmo é acusado de matar Raimundo Pereira Gonçalves, de 54 anos, que era de Altaneira, e Fabrício de Oliveira Pontes, de 35 anos, que residia em Crato, todos usuários de drogas e internos da Casa de Recuperação São José que funciona no Sítio Coqueiros em Milagres. Investigadores da Polícia Civil de Brejo Santo fizeram um levantamento quanto ao roteiro de fuga de Cícero pela via férrea na direção de Juazeiro. Contra Cícero existia ainda mandado de prisão em aberto por crime de furto qualificado.

A Polícia Civil ainda não sabe os motivos do duplo homicídio e a autoridade policial já está representando pela sua prisão preventiva junto à Comarca de Milagres e pediu, também, à Perícia Forense exames para futura comparação de DNA. Os corpos das vítimas foram encontrados por volta das 8 horas de domingo ao lado de uma foice suja de sangue e não muito distante da casa de apoio para dependentes químicos na zona rural de Milagres.

Uma das primeiras prisões de “Cícero do Lixo” aconteceu em dezembro de 2006 por crime de lesão corporal contra sua ex-mulher em Juazeiro e, em abril de 2010, passou a responder Ação Penal por ameaça contra a mesma. Além disso, Ação Penal por furto em maio de 2011. Já no dia 17 de maio de 2014 adentrou um estabelecimento comercial no centro de Juazeiro e furtou um celular quando foi preso. Outro furto praticado por Cícero foi em julho de 2016 tendo como vítima Marcos Alves de Sousa.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários