JPMotos
Traficante que usava tornozeleira em Assaré foi morto a tiros dentro de sua casa
10 de agosto de 2019 às 12:24
119
Visualizações

Pouco mais de dois meses depois um novo homicídio foi registrado no município de Assaré. Por volta das 7 horas deste sábado o jovem Mauro da Silva Silveira, de 24 anos, o “Maurinho”, foi executado a tiros dentro de sua casa na Rua João Grande, 109 (Bairro Coruja) em Assaré. Quando seus algozes chegaram o encontraram na sala e foram logo efetuando disparos, mas ninguém soube dar informações em torno da autoria delitiva já que os vizinhos disseram ter ouvido apenas os estampidos de arma de fogo.

Ali esteve uma patrulha da PM com o Sargento Viana e os Soldados Barbosa e Matos e até diligenciou, mas ninguém foi preso. Maurinho usava tornozeleira eletrônica após condenação por crime de tráfico de drogas, mas respondia ainda procedimentos em segredo de justiça na Comarca de Assaré, porte de arma e violação de domicílio. Sua casa era uma “boca de fumo” e a polícia já o tinha prendido certa vez neste imóvel com 1,3 Kg de maconha, nove gramas de cocaína, 41 de crack e balança de precisão.
 
Este foi o primeiro homicídio do mês de agosto em Assaré e o terceiro de 2019 no município ou 60% em relação aos cinco assassinatos registrados no decorrer do ano passado. O último tinha aconteceu na manhã do dia 26 de maio no Sítio Limão, onde o pedreiro Josivaldo Pereira dos Santos, de 43 anos, foi morto a tiros na cabeça. Ele era suspeito de ter matado dias antes a aposentada Antonia Pereira de Oliveira, de 69 anos, na mesma localidade.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários