JPMotos
Tribunal do Júri em Juazeiro absolve acusado de envolvido em tentativa de homicídio
9 de Maio de 2018 às 06:05
15
Visualizações

O servente de pedreiro José Eduardo Leite da Silva, de 29 anos, o “Neguim” que mora na Rua Dom Pedro II (Franciscanos) em Juazeiro do Norte, sentou no banco dos réus por ocasião da sessão ordinária desta terça-feira do Tribunal do Júri. Ele foi denunciado como partícipe da tentativa de homicídio contra João Soares da Silva e, no dia do seu aniversário, terminou absolvido pelo Conselho de Sentença na sessão presidida pelo Juiz de Direito, Marcelo Wolney de Matos.

A tarefa de isentá-lo do crime ocorrido no dia 2 de março de 2008 na Rua Delmiro Gouveia (Salesianos) em Juazeiro, coube ao Defensor Público, Célio Saraiva, na plenária que durou cerca de três horas. De acordo com os autos do processo, a vítima estava na porta de sua casa quando o então adolescente Alexandre Cavalcante Morais se aproximou e efetuou um disparo atingindo João Soares na coxa, o qual, mesmo ferido, conseguiu correr para, depois, ser socorrido ao hospital.

Enquanto isso, o menor fugiu na garupa de uma bicicleta guiada por “Neguim”. Os dois foram presos por policiais militares e o adolescente estava com o revólver usado no crime. “Neguim” se defendeu afirmando desconhecer o desejo do menor e que estivesse armado para matar alguém apenas dando uma carona. Na época, foi solto para responder em liberdade e, posteriormente, preso por conta de outros crimes. Inclusive, um homicídio duplamente qualificado, sendo decretada a sua prisão preventiva.

A polícia apurou que o atentado contra João Soares tinha sido motivado por vingança já que, dias antes, ele tinha agredido o menor e o pai deste. “Neguim” é usuário de drogas e responde procedimentos por crimes de arrombamento, assalto, danos, furto e foi vítima de uma tentativa de homicídio tendo como indiciado uma pessoa identificada apenas por “Maxsuel”, cuaj Ação Penal terminou protocolada no dia 18 de outubro de 2013 na 1ª Vara Criminal da Comarca de Juazeiro.

O homicídio qualificado que praticou teve como vítima Francivaldo Fernando de Lima e foi protocolado no dia 1º de setembro de 2010 na mesma vara. No dia 16 de agosto de 2011 “Neguim” fugiu da cadeia pública de Juazeiro quando cumpria pena por furto. Já no dia 21 de fevereiro de 2012 baleou no abdômen um adolescente de 15 anos que o perseguiu após assalto com um comparsa junto ao Mercantil Deus é Mais, pertencente à mãe do menor.

O estabelecimento comercial funciona na Rua Joaquim Leandro de Sousa (Pedrinhas) em Juazeiro de onde a dupla roubou R$ 500,00 do caixa. Já no dia 24 de Fevereiro de 2012 “Neguim” foi lesionado com dois tiros de revólver no cruzamento das ruas 22 de Julho e São Mamede (Bairro Franciscanos) quando apontou como autor dos disparos o vendedor Cosmo Maciel da Silva, de 24 anos, que residia na Rua São Geraldo no bairro Pirajá.

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários