JPMotos
Um dos foragidos da cadeia de Altaneira é acusado de dois homicídios em Brasília
14 de agosto de 2018 às 09:00
49
Visualizações

A polícia de Altaneira ainda não tem pistas sobre o paradeiro da dupla que fugiu da cadeia pública daquele município na madrugada do último dia 5 de agosto. Luan Antonio Leopoldino da Silva, de 34 anos, reside em Santana do Cariri e Leandro Batista de Oliveira, de 23 anos, é de Juazeiro do Norte. O cárcere não conta com agentes penitenciários e eles cerraram a grade externa quando saíram proferindo ameaças a detentos de outras celas para não avisarem nada à polícia.

Naquele momento, a patrulha estava numa ocorrência no Sítio São Romão e apenas um Cabo da Polícia Militar tinha ficado na ocorrência. Na manhã do dia seguinte, quando os PMs foram colocar os internos no pátio, notou a ausência de dois deles e perceberam a grade cerrada. No Ceará, Luan responde por crimes de lesão corporal, ameaça e resistência à prisão. Além disso, possui mandado em aberto de Brasília, onde teria praticado dois homicídios.

Já Leandro tinha sido preso com um revólver calibre 32 no último dia 3 de agosto no Bar do Saraiva que funciona na Rua José Rufino de Oliveira no centro de Altaneira. Antes, no dia 24 de novembro de 2013 em Juazeiro, tinha 18 anos quando foi preso sob acusação de tentativa de homicídio e um estupro contra um casal no bairro José Geraldo da Cruz. O veículo das vítimas sofreu pane e o rapaz aproveitou para lesionar o homem nas costas com uma faca e a mulher no tórax a qual ainda tentou estuprar.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários