JPMotos
Um homem foi morto a tiros em Penaforte e outro atingido por bala perdida
31 de janeiro de 2019 às 13:55
49
Visualizações

O eletricista Romulo Belarmino dos Santos, de 49 anos, que residia na Rua Manoel Gonçalves de Souza em Penaforte, foi morto a tiros por volta das 23h30min desta quarta-feira no pátio do posto de combustível Lima Marques situado às margens da BR-116 naquele município caririense. O jovem Willames Siqueira dos Santos, de 28 anos, que estava perto, foi atingido por uma bala perdida e socorrido em estado grave ao Hospital Regional do Cariri (HRC) em Juazeiro do Norte.

Segundo testemunhas, Romulo entrou em discussão com dois rapazes por motivos banais quando um deles sacou uma arma de fogo e efetuou os disparos. Logo depois, os acusados fugiram numa moto Honda Bros 160 de cor preta e placa de Jardim. A polícia foi acionada e patrulhas dos destacamentos militares de Penaforte e Jati conseguiram prender os acusados já perto do município de Salgueiro (PE) com o revólver calibre 38 usado no crime.

O pedreiro Leonardo Francisco Antonio, de 27 anos, mora em Juazeiro (BA) e o mecânico Luan Manoel Antonio, de 19 anos, reside em Penaforte. Os dois não tinham passagens pela polícia. Já o eletricista Romulo Belarmino respondia procedimentos por crimes de ameaça, violação de domicílio, vias de fato e violência doméstica. O seu corpo foi trazido pelo rabecão e necropsiado na manhã desta quinta-feira na Perícia Forense de Juazeiro.

O último homicídio em Penaforte tinha ocorrido no dia 2 de dezembro de 2016 quando o agricultor José Gomes de Barros, de 40 anos, que residia no Sítio Queimada Grande na zona rural daquele município, morreu no HRC em Juazeiro.  Na manhã do dia 21 de novembro ele tinha sido lesionado a punhaladas no abdômen quando se encontrava no centro de Penaforte. O autor do crime foi o servente de pedreiro Francimar Sebastião da Silva, de 40 anos, que terminou preso no Sitio Riachinho.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários