JPMotos
Veja o flagrante do assassinato de um homem esta tarde na sua chácara em Juazeiro
22 de fevereiro de 2019 às 05:01
437
Visualizações

Mais um homicídio aconteceu em Juazeiro do Norte num crime registrado por volta das 15 horas desta quinta-feira no interior de uma chácara na Avenida Carlos Cruz no bairro Carité. Rodrigo Vinicius Santos de Gusmão, de 35 anos, estava em sua casa quando chegaram dois rapazes numa moto e as imagens feitas pelas câmeras de segurança mostram que vítima e acusados ainda conversaram um pouco.

De repente, um deles identificado apenas por “Eduardo” sacou uma arma de fogo da cintura e efetuou vários disparos contra Rodrigo. O SAMU ainda foi acionado e uma ambulância esteve no local, mas os profissionais de saúde apenas constataram o óbito. Segundo testemunhas, os dois acusados fugiram na direção de Barbalha, onde o autor dos disparos reside e já responde por homicídios. A polícia ainda não sabe o que teria motivado o crime e está diligenciando à procura dos autores.

A vítima já tinha várias passagens pela polícia por crimes de estelionato, violência doméstica, receptação e furto e respondia diversos procedimentos judiciais junto às comarcas de Juazeiro, Milagres e Icó. Um Inquérito de agosto de 2013 indiciou Rodrigo por crime contra a Lei Maria da Penha o qual vitimou sua ex-companheira. Em fevereiro de 2018 por receptação e, três meses depois, por estelionato quando terminou indiciado junto com Luis Vitor Feliciano todos na Comarca de Juazeiro. Em Icó por estelionato (2012) e em Milagres (2010) por furto.

Este foi sexto homicídio de fevereiro em Juazeiro e o 15º do ano no município. O último tinha acontecido sábado (16) quando o menor Antonio Francinaldo Bezerra da Silva, de 17 anos, que residia Rua Maria Diva de Carvalho (Frei Damião), foi morto a pauladas no Sítio Santa Rosa. Ele não respondia crimes e estava com a namorada no Bar do Flamengo, no bairro onde morava, onde se envolveu num conflito. Ao sair, foi perseguido e morto enquanto a namorada correu. Um dos acusados terminou preso.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários