JPMotos
VÍDEO: 52 detentos vão sair da prisão em Cajazeiras neste Natal; delegada admite que indulto preocupa
23 de dezembro de 2017 às 12:56
4
Visualizações

O indulto, que é preconizado pela lei, preocupa as autoridades de segurança pública no Brasil porque são muito frequentes os casos em que detentos não voltam mais para as unidades prisionais.

Apesar de o benefício ser concedido apenas aos presidiários que apresentam bom comportamento, a delegada seccional da Polícia Civil em Cajazeiras, Patrícia Forny, também demonstra preocupação com a liberdade provisória desses apenados.

“É lógico que a gente tem que se preocupar com esses indivíduos no seio da sociedade. Não é à toa que eles estão recolhidos. Mas por outro lado não há que fazer uma caça às bruxas porque isso é um direito deles. Infelizmente quando se fala no direito individual de cada um, a lei não conhece fronteiras”, justifica.

Na Paraíba, cerca de 900 presidiários receberão o indulto em todo o Estado. Não terão direito ao benefício aqueles que foram condenados por tortura, terrorismo, tráfico de drogas ou crimes hediondos.

DIÁRIO DO SERTÃO

ComentáriosComentários