JPMotos
Violência contra a mulher no Ceará já registra 70 assassinatos em 2020
13 de março de 2020 às 05:00
58
Visualizações

celia Isabelly Tayná

Célia, 47, morta em Sobral          Isabelly, 15, morta em Caucaia    Tayná, 30, morta em Caucaia 

Mulheres executadas

Sete mulheres

Subiu para 70 o número de mulheres assassinadas no Ceará neste ano. Mais três crimes do gênero foram registrados nas últimas 48 horas na Grande Fortaleza. Em um dos casos, a vítima foi uma adolescente que havia sido seqüestrada na zona Sul da Capital e acabou sendo eliminada a tiros próximo à entrada de uma favela localizada por trás do Terminal de Passageiros do Siqueira.

A garota, conforme testemunhas, foi retirada de dentro de um carro e morta com vários tiros. O crime ocorreu na Rua Agamenon, na noite da última terça-feira (10), e até agora a vítima não foi identificada. O corpo permanece no necrotério da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel). A adolescente vestia short e blusa pretos e foi atingida com tiros na cabeça, numa autêntica execução sumária. Os matadores fugiram no carro não identificado.

Outros casos

No fim da noite de ontem (11), mais uma mulher foi morta na Grande Fortaleza. O crime ocorreu na localidade de São Jerônimo, no Município de Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A vítima estava dentro de casa e já dormia no quarto, quando a casa foi invadida por volta de meia-noite por vários criminosos, que minutos antes, mataram também um homem tido como traficante e chefe da facção GDE em Guaiúba.

A mulher não teve tempo de sequer se defender, pois estava na cama quando os matadores invadiram a casa já com armas em punho e passaram a atirar com pistolas de vários calibres.

Também na noite de terça-feira, outra mulher foi morta. O crime ocorreu em Fortaleza, na comunidade das Malvinas, no bairro Quintino Cunha, zona Oeste da cidade. Quatro bandidos encapuzados e usando pistolas invadiram uma das casas da favela e mataram uma mulher que estava deitada numa rede com seu filho, um bebê de apenas 9 meses de vida.

Mãe e filho foram baleados. A mulher morreu na hora, enquanto o bebê chegou a ser socorrido pelos vizinhos e levado ao hospital “Frotinha” de Antônio Bezerra. Porém, a criança não resistiu aos ferimentos causados pelos tiros e também morreu. Os corpos de mãe e filho foram enterrados, ontem, na Capital.

Balanço

Com as últimas três mortes na Grande Fortaleza, os assassinatos de mulheres no Ceará já somam 70 casos neste ano. Em janeiro foram 30 casos e em fevereiro mais 30. Neste mês de marços já foram registrados 10 casos. Veja a seguir a lista das mulheres mortas em março.

01 (01/03) – Ana Cristina Victorino Campos, 29 (bala) – (GUARAMIRANGA)

02 (02/03) – Maria Williane Rocha, 32 (bala) – B. Padre Andrade (CAPITAL)

03 (02/03) – Vítima não identificada (achado) – B. Vila União (CAPITAL)

04 (02/03) – Isabelly Alves Silveira, 15 (bala) – Sítios Novos (CAUCAIA)

05 (02/03) – Célia Sousa Cruz, 47 (faca) – (SOBRAL)

06 (08/03) – Adriana Jardim de Araújo, 48 (pauladas) – B. Mondubim (CAPITAL)

07 (09/03) – Antônia Tayná Raulino de Andrade, 30 (bala) – B. Nova Cigana (CAUCAIA)

08 (10/03) – Vítima não identificada (bala) – Rua Agamenon/Vila Peri (CAPITAL)

09 (10/03) – Vítima não identificada (bala) – Favela das Malvinas/ Quintino Cunha (CAPITAL)

10 (11/03) – Vítima não identificada (bala) – Vila São Jerônimo (GUAIÚBA)

Com Informações Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários