JPMotos
Adeus à Marisa: Morte de ex-primeira-dama reúne grandes adversários políticos
4 de fevereiro de 2017 às 10:18

20170204065036_3969_capa

A morte da ex-primeira – dama Dona Marisa Letícia que faleceu ontem, sexta-feira, em São Paulo, reuniu, em um momento emblemático para o atual cenário nacional, figuras que no campo político estão em lados opostos. A ex-mulher do do ex- presidente Luis Inácio Lula da Silva havia sido internada no último dia 24 de janeiro, vítima de um acidente vascular cerebral hemorrágico provocado pelo rompimento de um aneurisma.

A morte de uma das figuras essenciais para a carreira política de Lula e para a criação do Partido dos Trabalhadores reuniu lideranças políticas que hoje representam a polarização dos eleitores brasileiros.

O ex-presidente recebeu, ainda no Hospital Sírio-Libanês, onde estava internada sua esposa, a visita do Presidente Michel Temer (PMDB), que assumiu o Governo após o Impeachment de Dilma Rousseff (PT). Apesar de fazerem parte de siglas que romperam apoio recentemente, os dois protagonizaram, mesmo que brevemente, um momento onde as divergências políticas foram postas de lado.

No dia anterior Lula havia recebido a visita do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que esteve no hospital após ter sido publicado boletim médico informando que Dona Marisa Letícia já não apresentava mais fluxo cerebral.

Líderes políticos de todo o mundo também expressaram solidariedade à família da ex-primeira-dama. Os presidentes da Bolívia, Equador e Venezuela enviaram mensagens à Lula. A ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner também, se manifestou: “Um abraço enorme de minha parte, de minha família e de todos nossos companheiros e companheiras”, disse.

O Blog do Josias, ao relatar como se deu o encontro entre Lula e FHC, informou que o petista, após receber os cumprimentos de Fernando Henrique, disse que “todos nós aqui temos a responsabilidade de fazer esse país se reencontrar e voltar a sorrir”.

A doação dos órgãos de dona Marisa foi autorizada pela família e aconteceu durante a madrugada deste sábado. O corpo da ex-primeira-dama será velado das 9h às 15h de hoje na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo.

Por Felipe Azevedo
Com Parceria Miséria.com.br

186 total views, 2 views today

ComentáriosComentários