JPMotos
Jornalista rejeitada pela Globo após doença é convidada para integrar governo Bolsonaro
1 de janeiro de 2019 às 10:12
252
Visualizações

A jornalista Izabella Camargo teve seu nome envolvido em uma grande polêmica neste ano de 2018, mas o seu 2019 já começa a se desenhar bem com o convite para integrar o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Izabella Camargo foi demitida pela Rede Globo depois de ficar afastada por alguns meses devido à recuperação de uma doença chamada síndrome de Bournot – transtorno caracterizado pelo estresse elevado relacionado ao trabalho.

A jornalista fazia parte da equipe do telejornal “Hora 1”, apresentado por Monalisa Perrone no início da manhã da emissora. A demissão de Izabella causou grande polêmica devido à forma como aconteceu.

Jornalista com passagens pela Band, SBT e Globo, onde atuou por seis anos, Izabella Camargo usará sua experiência para atuar como porta-voz do ministro Marcos Pontes no ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC).

Ela foi convidada, aceitou e será nomeada oficialmente para o cargo na próxima quarta-feira (2). Jair Bolsonaro toma posse nesta terça-feira (1º), em grande cerimônia na capital federal. São esperados entre 250 mil e 500 mil pessoas em Brasília.

Além de Izabella Camargo, o nome de Alexandre Garcia também é ventilado no novo governo. Mas não há nada de oficial. O veterano do jornalismo deixou a Globo na última semana depois de 31 anos de trabalho na principal emissora do país.

Garcia já elogiou Bolsonaro nas redes sociais e o presidente eleito agradeceu a menção. Esses elogios teriam colaborado para que a saída do jornalista fosse efetivada.

TopBuzz

ComentáriosComentários