JPMotos
Escândalo: Relatório diz que irmão de Bento XVI sabia de abusos em coral
19 de julho de 2017 às 20:45

O relatório do advogado Ulrich Weber sobre os abusos sexuais contra crianças do coral da Catedral de Ratisbona, na Alemanha, afirma que o padre Georg Ratzinger, irmão do papa emérito Bento XVI e diretor do conjunto entre 1964 e 1994, sabia dos crimes. No documento, Georg, 93 anos, é acusado de “fingir que não via” e de não ter “intervindo, apesar de saber”.

Cerca de 550 crianças foram violentadas ao longo de décadas por membros do coral católico da Catedral de Ratisbona, de acordo com uma denúncia publicada nesta terça-feira (18) pela imprensa alemã.

 

noticiasaominuto

281 total views, 4 views today

ComentáriosComentários