JPMotos
Seminário Diocesano do Crato completa 143 anos
19 de março de 2018 às 09:03
39
Visualizações

O “Casarão de São José”, como é chamada a instituição pelos moradores locais, é considerado um celeiro de vocações, uma vez que formou pastores como Dom Joaquim Ferreira de Melo, bispo de Pelotas (in memoriam), Dom Newton Holanda Gurgel (in memoriam), bispo diocesano de Crato entre 1994 e 2001; Dom Augusto Alves da Rocha, bispo emérito de Floriano, e Dom Francisco Edimilson Neves, bispo diocesano de Tianguá.

Em 1875, o então bispo diocesano do Ceará, Dom Luiz Antônio dos Santos, por meio do seu empenho, foi um dos responsáveis pela concretização da Casa de Formação como extensão do Seminário da Prainha, em Fortaleza.

Na ocasião em que celebrava seus 143 anos, e em meio aos festejos dedicados ao Padroeiro, São José, o seminário acolheu uma Santa Missa, presidida por Dom Gilberto Pastana e concelebrada pelos sacerdotes da Forania I, que compreende as paróquias de Crato.

Rezada na Capela do Seminário, a Missa em ação de graças também exaltou os 201 anos de Dom Luiz Antônio, os 150 anos de fundação da Casa de Caridade e os 81 anos da Sociedade Beneficente do Hospital São Francisco de Assis. (LMI)

(Da redação Gaudium Press, com informações da Diocese de Crato)

ComentáriosComentários