JPMotos
Seis atentados à bala e faca além de quatro homicídios nos últimos dias no Cariri
2 de novembro de 2016 às 10:06

20161101113042_4638_capa

Nos últimos cinco dias, além de quatro homicídios, seis atentados à bala e faca foram registrados na região do Cariri. Um deles aconteceu em Caririaçu, dois em Juazeiro, outros dois em Campos Sales e um em Crato. As mortes foram Cleilson Rodrigues de Carvalho, de 35, e Jeovane José da Silva, de 36 anos, respectivamente, sexta e sábado em Araripe; José Francisco Vieira, de 26, domingo em Missão Velha e Cícero Wanderson Cardoso Figueiredo, de 25 anos, segunda-feira em Crato

Na manhã de domingo deu entrada no Hospital de Caririaçu Júlio Almeida da Silva, de 18 anos, o “Nego Cinza”, residente na Rua Luiz Rolim, 508 no bairro José Agostinho. Ele foi lesionado no ombro com um tiro de arma de fogo artesanal efetuado por um desconhecido num terreno baldio perto do Matadouro de Caririaçu. Pouco depois, porém em Juazeiro, Fábio da Silva Gama, de 30 anos, residente na Rua Rui Barbosa, 125 (Santa Tereza), foi esfaqueado na mão após discutir com seu vizinho José Nildo da Silva Moreira, de 32 anos, que fugiu.

Antes, o adolescente de iniciais J. V da S., de 15 anos, residente no bairro Triângulo, foi atingido na mão por uma bala perdida na Rua Francisco Monteiro (Triângulo) perto da rede de alta tensão por dois homens em um veículo Celta de cor branca. A intenção era matar um desafeto que fugiu e os acusados foram identificados pelos apelidos de “Pica Pau” e “Foguinho” os quais não foram localizados pela polícia.

Em Lavras da Mangabeira, Francisca Iranilda Tomaz dos Santos, de 27 anos, denunciou o seu irmão Manoel Iranildo Tomaz Pereira, de 32 anos, conhecido como “Iran”. Segundo ela, o mesmo estava quebrando tudo dentro da residência dos seus pais e a polícia foi lá e o prendeu. Ele tinha quebrado uma TV de 20 polegadas, um aparelho de DVD, os enfeites da estante e rasgado uma Bíblia, além de ameaçar os seus pais de morte. Inclusive, Iran já esteve preso por esse mesmo motivo e foi recolhido à Cadeia Pública de Lavras.

Na Rua Odorico Fernandes (Bairro Aparecida) em Campos Sales, houve uma dupla tentativa de homicídio e militares da companhia local socorreram as vítimas. Antonia Marta Vieira, de 43 anos, a “Santinha de Maria José” ali residente, foi alvejada com um tiro na cabeça saindo na boca e outro abaixo do pescoço saindo do lado esquerdo perto do coração. Ela foi transferida ao Hospital Regional do Cariri em Juazeiro em estado grave.

Já o aposentado Francisco Ferreira dos Anjos, de 78 anos, o “Chico Anão”, que estava na calçada com ela, sofreu uma lesão leve. Enquanto isso, deu entrada no Hospital São Francisco de Crato outra pessoa lesionada com cinco tiros no caso João Paulo da Silva Mascarenhas, residente no bairro Seminário. O crime aconteceu no bairro São Miguel nas imediações da Estação Padre Cícero em Crato e a vítima disse à polícia desconhecer a autoria.

Com Parceria Site Miseria

ComentáriosComentários