JPMotos
Trio acusado de homicídios, assaltos e tráfico de drogas é preso em Várzea Alegre
31 de outubro de 2018 às 10:15
33
Visualizações

Dois jovens e uma mulher foram presos em Várzea Alegre e outros conseguiram fugir ao cerco policial montado por volta das 16 horas desta terça-feira por militares da companhia local e da Força Tática do Batalhão de Iguatu. Eles souberam que numa casa situada no Sítio Novo Jordão (Distrito de Naraniu) em Várzea Alegre estava refugiado um grupo acusado de homicídios, tráfico de drogas e assaltos

O dono do imóvel é Igor Lucas Silva, de 20 anos, encontrado na estrada pelos PMs quando seguiam ao local. Ele pilotava uma moto Honda CG 125 KS de cor vermelha e placa MOW-0254, inscrição de Cajazeiras (PB), e foi levado de volta à residência onde estariam escondidas pessoas que vinham cometendo homicídios nos últimos dias em Várzea Alegre.

Quando as patrulhas se aproximaram uma mulher conseguiu fugir por um matagal antes do cerco ao imóvel. No interior do mesmo estavam Marcelo Clécio Melo da Silva, de 19, e a companheira de Igor no caso Anidiana Palmeira da Silva, de 30 anos. Marcelo também tentou escapar, mas não deu e foi abordado com um revólver calibre 32 tendo seis munições intactas.

Dentro da casa, os PMs encontraram sete celulares, duas carteiras, um balaclava, certa quantidade de maconha, sacos para embalar drogas, 15 cartuchos calibre 38 intactos, um coldre para revolver; oito extratos bancários e R$ 751,00 em dinheiro. Além disso, documentos pessoais de Igor, João Pedro Oliveira Sampaio e Francisco Ferreira Lima.

A polícia já tinha informações que João Pedro estava participando dos homicídios na companhia de Marcelo Clécio, enquanto Igor informou que, antes dos PMs chegarem à casa, ali estiveram “Júnior de Amor” e “Júnior Capeta” os quais tinham acabado de sair e são acusados de vários homicídios em Várzea Alegre. Sete extratos bancários estão em nome de Anidiana e outro em nome de Elivania Silva.

Segundo a polícia, o grupo integra a facção criminosa Comando Vermelho e vem eliminando integrantes da facção GDE (Guardiões do Estado) que se instala em Várzea Alegre. Igor é natural de Dourados (MS) e tem passagens desde sua menoridade. No dia 7 de dezembro de 2016 ele já tinha 18 anos quando foi preso em Várzea Alegre e trazido para a Delegacia da Polícia Federal de Juazeiro.

Igor e Anidiana estavam com 271 cédulas de R$ 20,00 falsas ou um total de R$ 5.420,00 tentando depositar o dinheiro numa conta na agência da Caixa Econômica de Várzea Alegre. Já no último dia 28 de setembro voltou a ser preso desta vez no Parque Cívico São Raimundo Nonato na Praça da Lagoa vendendo drogas e estava com alguns objetos de procedência duvidosa como um tablet, três Rádios HT e um celular. Marcelo Clécio foi preso em janeiro deste ano em Juazeiro para responder por tráfico de drogas.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários