JPMotos
Mulher é condenada por criar perfil contra família de Wesley Safadão
23 de outubro de 2018 às 06:45
65
Visualizações

A mãe do cantor Wesley Safadão, a empresária Valmiria Maria, conhecida por Dona Bill, participou de audiência no tribunal de Santo André, em São Paulo, nesta segunda-feira (22), contra uma mulher que utilizava um perfil fake para falar mal do filho e da família. Segundo a empresária, em vídeos publicados no instagram, a usuária do perfil foi condenada a realizar 96 horas de trabalho social. Desde a semana passada, Valmiria vem divulgando rostos de usuários que utilizam a rede social para falar mal dos familiares do cantor cearense.

O processo teve início em 31 de janeiro de 2018, tendo seu desfecho na data de hoje. O cumprimento da pena, que não permite recursos, deve ocorrer em até três meses. “Acabei de sair do Fórum em São Paulo, onde tive uma audiência com uma das mãe fakes. Fiquei triste com essa situação. A pessoa tem que deixar um filho em casa porque vai ter que ir em uma audiência. Estou com muitas coisas para fazer, mas tiver de cumprir essa obrigação. Estou triste porque no fundo no fundo, como mãe, não quero prejudicar ninguém. Mas, infelizmente tem que ser feito justiça”, declarou a mâe do cantor cearense.

Em outras publicações no instagram, Dona Bill conta que desde 2012, os familiares vem sofrendo ataques de haters na internet, “em sua maioria recheados de calúnias, injúrias e difamações”. A empresária conta que no começo dos ataques eles apenas achavam graça, até que a opinião pública começou a ser manipulada com fake news.

Fonte: Diário do Nordeste

ComentáriosComentários