JPMotos
William Waack atribui à crise repercussão negativa de jornal com Cris Dias
19 de agosto de 2016 às 11:23

williamwaack-crisdias-jorna

Conforme noticiado anteriormente pelo NaTelinha, a edição da madrugada desta quinta (18) do “Jornal da Globo” foi marcada por trocas de farpas ao vivo entre Cristiane Dias e William Waack.

Procurada pela reportagem do NaTelinha, a Central Globo de Comunicação emitiu nesta tarde uma posição oficial do âncora sobre o assunto.

“Infelizmente, a atual crise brasileira espalhou pelo país um mau humor do qual muitas pessoas, especialmente na imprensa, não conseguiram se libertar, e, portanto, não são capazes neste momento de entender brincadeiras e jovialidade entre colegas de profissão que se gostam e se apreciam”, bradou Waack.

Cris Dias também se manifestou oficialmente: “Eu e William nos demos bem desde o início e isso foi aumentando com o tempo. Nosso humor é desafiador, provocativo, e isso é instigante, ainda mais vindo de um grande jornalista como ele. Eu acho engraçado estarem entendendo nossa sintonia de outra forma. Mas só tenho a dizer que fiz uma grande parceria nessa Olimpíada. Aprendi muito. E vou levar isso para sempre”.

A jornalista também falou em suas redes sociais, publicando um vídeo ao lado de Waak para reforçar a parceria.

“Humor, admiração, sintonia e parceria não têm manual. Viva os encontros improváveis e memoráveis!”, disse Cris na legenda do vídeo.

O encontro citado ocorreu no jogo entre Estados Unidos e Argentina, válido pelo torneio olímpico de basquete – Cris já havia dito no jornal que os dois acompanharam a partida juntos.
“O funk persegue o William Waack, gente. Olha lá…”, diz a apresentadora no vídeo, mostrando o desconforto do jornalista ao ouvir o ritmo – que ele notoriamente não é muito fã.
Entenda o caso 
Na abertura do “Jornal da Globo” desta quinta-feira (18), Waack começou com um tema político, e esqueceu de chamar Cris Dias para saudar o público. Depois, falou com o repórter que estava na final do vôlei de praia feminino.
Apenas na terceira entrada, ele deu voz à jornalista esportiva. Foi quando a série de farpas começou. William disse que o assunto continuaria sendo vôlei. Cris deu boa noite, bradou que “finalmente ele deu um oi para mim” e enfatizou que o assunto era o vôlei de quadra.

“Vamos falar de vôlei”, interrompeu Waack, deixando claro que já havia anunciado para o telespectador. ” Você quer continuar?”, respondeu Cris. “Não, você”, disse Waack, seco. “Então tá”, emendou Cris, deixando claro no olhar sua chateação.

177 total views, 2 views today

ComentáriosComentários