JPMotos
Brenner marca e Seleção sub-17 bate Corinthians sub-20 antes do Mundial
22 de setembro de 2017 às 05:36

A Seleção Brasileira sub-17 fez o último teste antes do Mundial da categoria, que acontece entre os dias 6 e 28 de outubro, na Índia. Na manhã desta quinta-feira, sob sol forte, o Brasil fez um jogo-treino contra o Corinthians sub-20, no CT Joaquim Grava, e venceu por 2 a 0. Marcos Bahia, do Atlético-PR, abriu o placar e Brenner, uma das jovens promessas do São Paulo, deixou o seu e garantiu a vitória.

Marcos Bahia foi o destaque brasileiro na etapa inicial. Além do gol, o meio-campista era quem cadenciava a partida e fazia a bola girar na Seleção. Brenner, que entrou somente no segundo tempo, movimentou-se bastante e foi um dos principais nomes ofensivos da atividade. Em seu gol, ganhou no corpo do lateral esquerdo corintiano Kaio e tocou na saída do goleiro.

Após um começo nervoso, com as duas equipes afoitas e errando muito passe, os comandados de Carlos Amadeu não se intimidaram pela diferença de idade e impuseram o estilo de jogo verde-amarelo para encurralar o Alvinegro no seu campo de defesa. Durante o amistoso apitado por Luiz Flávio de Oliveira, principalmente no primeiro tempo, os atletas procuraram manter a posse de bola.

Como combinado previamente, devido o forte calor, o árbitro fez uma parada para hidratação perto dos 30 minutos. Pouco antes, porém, Paulinho triangulou com o lateral Weverson, do Tricolor paulista, e Lincoln, do Flamengo, pelo lado esquerdo do campo. No rebote do chute do atacante flamenguista, Marcos Bahia apareceu como elemento surpresa e balançou as redes.

Na segunda etapa, Brenner entrou na vaga de Paulinho e Yuri Alberto, do Santos, substituiu Lincoln – a essa altura, o corintiano Vitinho, antes ponta, foi centralizado e virou referência no trio de ataque. Pressionando a saída do Corinthians, a Seleção roubou a bola e Rodrigo Nestor aproveitou o desmanche da zaga para encontrar o companheiro de clube, Brenner. O atacante teve calma para vencer o defensor rival no corpo e bater na saída do goleiro.

Com o time praticamente todo mudado, o Corinthians sub-20, do técnico Coelho, apertou e chegou com perigo em três oportunidades no final do amistoso, mas não diminuiu a diferença. Em uma delas, o atacante João Pedro obrigou o goleiro Yuri Sena, do Vitória, a fazer boa defesa.

Fique por dentro do mundo do esporte!

Receba alertas no seu computador das principais notícias do site

ATIVAR ALERTAS

Terminado o último teste, sob supervisão de Edu Gaspar, coordenador da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), os atletas que defendem a Seleção sub-17 foram liberados até a noite do próximo domingo, quando o elenco embarca para a Índia – o voo está marcado para a madrugada da segunda-feira, às 2h (de Brasília). Desta forma, jogadores como Brenner e Paulinho, que já atuam em suas equipes profissionais, poderão retornar aos treinamentos normalmente – o são-paulino, inclusive, tem condição de participar do clássico contra o Corinthians, no domingo de manhã.

O Brasil chega ao país-sede deste Mundial cinco dias antes do sugerido pela Fifa. Conforme afirmou o assessor da CBF, a escolha é para que a deleção brasileira tenha maior tempo para aclimatar-se ao local e adaptar-se ao fuso horário.

Vinícius Júnior, que segue com o Flamengo para a disputa da final da Copa do Brasil, não esteve ao lado dos companheiros neste período de preparação e só se apresenta, já na Índia, no dia 30 deste mês.

*Especial para a Gazeta Esportiva

66 total views, 1 views today

ComentáriosComentários