JPMotos
Despedida “Saio feliz por tudo o que contribuí para o futebol”, diz Zé Roberto
28 de novembro de 2017 às 12:11

Homenageado pelo Palmeiras, pela torcida e pelos jogadores do Botafogo antes do duelo desta segunda-feira (27), o lateral-esquerdo Zé Roberto mostrou-se agradecido pelo reconhecimento em seu jogo de despedida do Allianz Parque -que pode ser o último da carreira, caso não entre em campo na última rodada do Brasileiro, contra o Atlético-PR, no próximo domingo (3).

O jogador de 43 anos exaltou o elenco e as conquistas que obteve pelo Palmeiras -foi campeão da Copa do Brasil em 2015 e do último Brasileiro. “Eu agradeci aos meus companheiros. Foram quase três anos de felicidade, conquistas, de entrar para a história de um clube tão grande como o Palmeiras”, afirmou Zé Roberto, no intervalo da partida contra o Botafogo, ao canal Premiere.

“O coração está batendo mais forte. Último jogo de uma carreira de longevidade, quase 23 anos. A ficha ainda não caiu. Só vai cair depois do jogo”, completou.

Depois da vitória palmeirense por 2 a 0, com gols de Dudu e Keno, Zé Roberto não segurou a emoção e chorou no gramado. Homenageado pelos jogadores e pela torcida, o veterano deu uma volta olímpica no gramado agradecendo ao público, e chegou até a sentir dores no percurso.

“Acho que foi a emoção. Três dias que eu não durmo esperando chegar esse momento, muita tensão antes do jogo. Jogar um jogo intenso como o de hoje, já fazia um tempo que eu não vinha jogando, aguentar 90 minutos correndo atrás da molecada, não foi fácil”, brincou Zé Roberto.

“Eu termino um ciclo vitorioso, não poderia deixar de encerrar com uma vitória. Saio feliz por tudo aquilo que contribuí para o futebol. Cada dia foi um aprendizado para mim. Eu escolhi o clube para encerrar minha carreira, o Palmeiras, pela identificação que tive com os torcedores e pelo momento. O clube estava em uma fase difícil, quase caiu em 2014, e de 2015 para cá a gente conseguiu colocar o clube no patamar em que ele precisou estar”.

Destaque do jogo, o atacante Keno também falou sobre o companheiro na saída de campo. “Não pode esquecer um jogador desse, um exemplo dentro e fora de campo. Todo mundo chorou com o que ele falou antes do jogo no vestiário. Zé Roberto é uma lenda. Essa vitória a gente agradece a Deus e ao Zé”, disse o camisa 27.

 

noticiasaominuto

39 total views, 2 views today

ComentáriosComentários