JPMotos
Taça Fares Lopes: Ceará e Fortaleza empatam em 1 a 1 na Arena Castelão
6 de outubro de 2017 às 14:45

O torcedor que compareceu na Arena Castelão não se arrependeu. Fortaleza e Ceará empataram por 1 a 1 em partida movimentada mesmo com os objetivos distintos das duas equipes dentro da Taça Fares Lopes. O meia Felipe Menezes marcou para o Alvinegro, enquanto Ronny, de pênalti, empatou para o Tricolor do Pici.

Já se podia notar desde os primeiros minutos que a partida seria com várias alternativas para ambos os lados. Os 15 minutos iniciais foram de intensa movimentação entre as equipes, que criaram situações de gol.

O Fortaleza chegou a marcar um gol, entretanto, a arbitragem viu impedimento no lance, aos 4 minutos.

O técnico do Ceará, Daniel Azambuja, quando o seu time tinha a posse de bola, praticamente abria um 4-3-3, com Cafú atacando pela direita, Magno Alves um pouco mais centralizado e Lelê na esquerda. A movimentação desses homens de frente com o apoio rápido dos laterais, Rafael Carioca, pela esquerda e Pio, pela direita, levou uma série de embaraços a defesa tricolor. Aos 6 minutos, o ataque alvinegro entrou na área adversária e houve um bate-rebate, onde Magno chutou, o goleiro rebateu e Lelê deu um carrinho para empurrar a bola para dentro do gol, mas a defesa tirou da linha.

No Fortaleza, o meia Ronny fazia as principais jogadas de ligação do meio-campo com o ataque, puxando para si a responsabilidade da criação. Lúcio Flávio ficava centralizado, com Gabriel Pereira pela direita e Vinícius Baiano pela esquerda.

Uma grata descoberta foi a do lateral-esquerdo do Fortaleza, Danilo, das categorias de base. O jogador teve uma dura missão no primeiro tempo, que foi dar combate ao experiente Pio. Ele conseguiu travar um bom duelo com o lateral alvinegro e ao mesmo tempo ainda teve como avançar um pouco no apoio pela esquerda.

Alternativas

O jogo seguiu com várias alternativas de ataque e gostoso de ver, pois havia empenho dos atletas e as jogadas evoluíam. Os dois times perderam gols, na pequena área. O Ceará com Felipe Menezes, Lelê e Magno Alves, o Fortaleza com Lúcio Flávio, Gabriel Pereira e Ronny. Este, por sinal, foi o grande maestro do time tricolor, organizando as jogadas de ataque e fazendo uso do seu portentoso chute.

No segundo tempo, o jogo continuou com a mesma intensidade e o lance que abriu a segunda etapa como cartão de apresentação, foi uma bomba que Ronny mandou no travessão, logo aos 8 minutos da etapa complementar. Dos pés de Ronny também quase saiu o primeiro gol, quando ele cobrou falta da direita, o goleiro Fernando Henrique não alcançou e Lúcio Flavio cabeceou para fora.

Gols

O técnico alvinegro, Daniel Azambuja, fez uma modificação que ajudou a mexer no placar. Cafú saiu lesionado e em seu lugar entrou Arthur. Aos 27 minutos, o lateral Jéfferson errou um passe curto para o meio-campo e gerou um contra-ataque. A bola chegou a Magno Alves, este a Arthur, que tocou rápido para Felipe Menezes, que penetrou na área e chutou cruzado, marcando 1×0 para o Ceará.

O Fortaleza empatou de forma que coroou o bom futebol de Ronny. Aos 33 minutos ele sofreu pênalti cometido por Lelê e converteu, empatando o jogo, que fez justiça aos dois times.

Os times voltam a jogar na próxima quarta-feira (11), às 20 horas, na Arena Castelão. O Ceará jogada por qualquer empate para avançar.

48 total views, 1 views today

ComentáriosComentários