JPMotos
Avião de companhia indonésia com 188 a bordo cai após decolar em Jacarta
29 de outubro de 2018 às 05:11
10
Visualizações

Um avião da companhia indonésia Lion Air com 188 a bordo caiu no mar de Java poucos minutos depois de decolar do Aeroporto de Jacarta na manhã desta segunda-feira (29, horário local).

“Foi confirmado que ele caiu”, disse Yusuf Latif, porta-voz da agência de busca e resgate da Indonésia. Segundo ele, marinheiros de um rebocador viu a aeronave cair.

Não há ainda informações sobre mortos ou sobreviventes.

“Ainda não sabemos se há sobreviventes”, disse o chefe da agência de busca e resgate, Muhmmad Syaugi, em entrevista coletiva. “Esperamos, oramos, mas não podemos confirmar.”

“O avião transportava 178 passageiros adultos, uma criança, dois bebês, dois pilotos e cinco tripulantes”, disse Sindu Rahayu, diretor-geral da Aviação Civil no Ministério de Transportes. “O comandante solicitou voltar ao aeroporto de Jacarta antes de desaparecer dos radares”, acrescentou.

O avião da companhia é um Boeing 737 Max 8, um modelo relativamente recente. De acordo com o site FlightRadar24, a aeronave foi entregue à Lion Air em agosto deste ano.

O voo, de prefixo JT-610, faria a rota Jacarta – Pangkal Pinang, que duraria pouco mais de uma hora. Segundo o funcionário da companhia aérea Nur Andi, citado pela BBC, ele decolou às 6h20 e o último contato aconteceu às 6h33 (13 minutos depois).

Destroços supostamente do avião, incluindo assentos, foram localizados perto de uma instalação de refino de petróleo, disse um funcionário da empresa estatal de energia Pertamina. Essa informação também foi confirmada pelo chefe da agência de busca e resgate, Muhmmad Syaugi.

Lion Air

“Não podemos fazer nenhum comentário neste momento”, disse à Reuters Edward Sirait, diretor-presidente da Lion Air Group, acrescentando que uma coletiva de imprensa está marcada para esta segunda-feira. “Estamos tentando coletar todas as informações e dados.”

Os dados preliminares de rastreamento de vôo do Flightradar24 mostram que a aeronave subiu para cerca de 5.000 pés (1.524 m) antes de perder e, em seguida, recuperar a altitude, antes de finalmente cair ao mar.

A última posição da aeronave foi registrada a 15 km ao norte da costa da Indonésia, de acordo com uma referência do Google Maps e também coordenadas relatadas pelo Flightradar24.

O acidente é o primeiro que envolve o Boeing 737 MAX, uma versão atualizada e mais eficiente da aeronave. Os primeiros jatos Boeing 737 MAX entraram em serviço em 2017. A subsidiária malaia da Lion Air, Malindo Air, recebeu a primeira entrega global.

Fonte: G1

ComentáriosComentários