JPMotos
Juiz ouve “as ruas” e manda soltar policiais que mataram traficantes no Rio
19 de abril de 2017 às 20:10

Os policiais que executaram dois traficantes na frente da Escola Municipal Daniel Piza, na Pavuna, no último dia 31 de março, foram soltos pelo juiz Alexandre Abrahão, do 3º Tribunal do Júri do Rio de Janeiro, que aceitou os argumentos do Ministério Público.

Na decisão, o juiz diz que ouviu “as ruas” para conceder liberdade aos policiais. “As relações sociais mudaram, e a magistratura precisa mudar também. O juiz moderno não pode mais ser aquela figura da ‘torre de marfim’, especialista em temas do Direito, mas insensível ao que acontece fora de seu gabinete”, diz.

Abrahão ainda se disse pronto para receber as críticas que virão: “O julgamento destes fatos me dá a convicção de que a decisão, seja ela qual for, será alvo de apedrejamento público. Especialistas, mesmo sem conhecer o processo, farão ‘julgamentos’, criarão ‘teses conspiratórias’, ‘insinuações’. E continuou falando sobre o cenário de guerra que tomou conta do Rio de Janeiro”.

O juiz determinou ainda que os acusados se mantenham afastados de locais públicos, festas, bares e outras atividades sociais. Veja o vídeo:

 

272 total views, 1 views today

ComentáriosComentários