JPMotos
Prefeito e três vereadores são presos suspeitos de desviar mais de R$ 60 milhões no interior do Amazonas
28 de novembro de 2017 às 06:53

Nove mandados de prisão preventiva,  além de condução coercitiva e de busca e apreensão em órgãos da prefeitura, da Câmara de Tapauá e em residências e empresas no município e na capital Manaus foram cumpridos.

Entre os presos está o prefeito de Tapauá, José Bezerra Guedes, o Zezito, e três vereadores, entre eles, o presidente da Câmara, Alvemir Oliveira Maia

O procurador-geral do Amazonas, Fábio Monteiro, relata como o esquema funcionava. “As licitações eram direcionadas para a empresa VW. Os serviços não eram executados e quando eram executados eram muito aquém do que era contratado, mas efetivamente pago, bem como, o pagamento de verbas a praticamento todos os componentes da Câmara Municipal. O presidente da Câmara, juntamente como o prefeito, fazia essa intermediação e o empresário, que era o vencedor das licitações fazia o pagamento, na maioria das vezes em Manaus.”

A entrega da propina aos vereadores foi filmada em ação controlada do Ministério Público Estadual.

Dez dos onze vereadores são investigados. Para o procurador, o padrão de vida dos envolvidos, inclusive com diversas residências na capital amazonense é incompatível com a realidade do município.

De acordo com as investigações, o esquema desviou mais de 62 milhões de reais só este ano em recursos públicos inclusive da Educação e da Saúde do município.

Também são destaques do Repórter Amazônia dessa terça-feira:

– Por falta de informações sobre o Mapa da Dengue recursos da saúde podem ser bloqueados em algumas cidades

– Cartórios do Tocantins já receberam os papéis para as novas certidões de nascimento, casamento e óbitos

– Semana Maranhense de Teatro terá atrações no Centro Histórico de São Luís

radios.ebc.com.b

44 total views, 2 views today

ComentáriosComentários