JPMotos
Contra a ANTT: ASSISTA: Topiqueiros de Pernambuco ateiam fogo em pneus ao serem impedidos de fazer linha para o Cariri
1 de agosto de 2017 às 12:15

Cerca de 30 motoristas de transportes alternativos – popularmente conhecido como “topiqueiros” – bloquearam, na tarde deste domingo (30), o trecho que corresponde a divisa entre os estados do Ceará e Pernambuco. Assista ao vídeo no final da matéria.

O protesto é contra uma fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que teve início na última quinta (27). Por não reconhecer o transporte alternativo interestadual como uma prática legalizada, a agência passou a apreender os veículos flagrados na fiscalização.

A manifestação ocorreu próximo ao Posto Fiscal Asa Branca, no trecho que corresponde a BR – 122. Os motoristas, que atearam fogo em uma fileira de pneus para impedir a passagem de veículos no local, não foram ouvidos pelo único representante da ANTT que, no momento, estava no posto.

Após ser formada uma grande fileira de veículos, os manifestantes liberaram a passagem para alguns carros, mas afirmaram que, se não houver um acordo entre a classe e o órgão de fiscalização, cerca de 80 novos manifestantes voltarão ao local nesta segunda (31), para organizar um novo bloqueio.

POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS

Das cidades pernambucanas de Araripina, Oricuri, Trindade, Bodocó e Exu os “topiqueiros” afirmam que quase 100 carros de transportes alternativos fazem linha até o Cariri todos os dias.

Entre os passageiros estão “pacientes que fazem tratamento de hemodiálise, professores, estudantes e diversos profissionais que necessitam das vans para chegar até o local de trabalho diariamente”, destacou um dos manifestantes.

Nenhum representante da ANTT quis conversar com esta reportagem.

AO VIVO

A TV Miséria esteve no local e transmitiu ao vivo as imagens do protesto. Foi a primeira vez que uma equipe de reportagem fez uma transmissão ao vivo do alto da Chapada do Araripe. A matéria pode ser vista clicando aqui.

Abaixo, o vídeo completo, com imagens aéreas, da manifestação.

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Com Parceria Site Miséria.com.br

161 total views, 1 views today

ComentáriosComentários