JPMotos
Em visita à Barbalha, Eunício Oliveira anuncia R$ 10,9 milhões para salvar hospitais
1 de abril de 2017 às 07:11

O Presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, esteve na manhã desta sexta-feira (31), em Barbalha para anunciar o repasse de quase 11 milhões de reais para sanar a crise financeira dos hospitais do município. Ele se juntou aos cerca de 4 mil participantes de uma passeata que foi organizada para chamar atenção da população à realidade dos equipamentos.

Os hospitais do Coração do Cariri, São Vicente de Paulo e Santo Antônio, atendem não somente Barbalha, eles são  essenciais para a saúde dos distritos e municípios de toda a região, efetuando milhares de consultas particulares e pelo SUS, diariamente.

A verba viabilizada junto ao Presidente da República Michel Temer, foi pleiteada há algumas semanas pelo prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, durante uma visita ao gabinete de Eunício Oliveira.

As dívidas acumuladas e a necessidade de aumentar o teto do repasse feito pelo Governo Federal, ocasionaram uma severa crise nos hospitais que, caso não recebessem ajuda, corriam risco de fechar.

Serão destinados R$ 10,472 milhões para o setor de oncologia, e R$ 519 mil para a cardiologia. Esse dinheiro é para pagar os passivos acumulados durante os anos, e ainda não é suficiente para que os hospitais permaneçam funcionando plenamente no futuro.

Os esforços, portanto, serão para que o teto do repasse do governo aos hospitais seja revisto. É apenas dessa forma que será possível prestar serviços à comunidade de maneira completa e sem arrocho, comentou o diretor do Hospital São Vicente, Antônio Ernani Freitas. A fala foi endossada pelo prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio, que comemorou a chegada da verba, mas ressaltou a importância da revisão do teto.

Em entrevista aos jornalistas presentes, Eunício Oliveira disse que o seu compromisso é com o povo de seu estado, principalmente de sua região. “O meu mandato é para os mais pobres, completou o presidente.

Natural de Lavras da Mangabeira, o Senador afirmou que o dinheiro do repasse já está liberado e que agora depende apenas dos trâmites técnicos para que seja depositado.

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Com PArceria Site Miséria.com.br

635 total views, 2 views today

ComentáriosComentários