JPMotos
Julgamento desaforado: Acusado de matar filho de vereador será julgado em Juazeiro do Norte
26 de abril de 2017 às 11:19

O réu Antônio Leandro de Almeida, de 54 anos, vai ser julgado pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Júri de Juazeiro do Norte em data a ser agendada pela Seção Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará. No dia i26 de janeiro de 2015, ele matou o acadêmico de Engenharia Civil, Mikael Moreira Feitosa, de 20 anos, que era filho de um vereador de Parambu e sua defesa pediu o desaforamento do processo para a Comarca de Juazeiro. Leandro foi preso no dia 29 de janeiro daquele ano e levado para a Delegacia de Capturas de Fortaleza.

O relator do processo, juiz convocado Antônio Pádua Silva, acolheu informações do promotor de Justiça e confirmadas pelo juiz de 1º Grau como uma medida necessária. O representante do Ministério Público requereu o desaforamento do processo para a Comarca de Fortaleza, a fim de assegurar uma decisão justa e imparcial, alegando dúvida quanto à imparcialidade do Conselho de Sentença de Parambu, em função do temor da comunidade local diante da elevadíssima influência dos parentes da vítima.

Entretanto, a Seção Criminal optou pelo desaforamento do processo para Comarca de Juazeiro. O universitário foi morto com três tiros de revólver calibre 38 pela madrugada após uma briga em uma festa na localidade denominada Juazeiro na zona rural de Parambu na Região dos Inhamuns. Já a prisão de Leandro aconteceu nas imediações da Fazenda Feijão Gordo naquele município. Ele alegou legítima defesa ao ser atacado, como disse, por um grupo de jovens na festa da qual participava. Disse mais ter sido agredido a socos, pontapés e uma garrafada na cabeça quando reagiu.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

 

466 total views, 2 views today

ComentáriosComentários