JPMotos
Acusada de matar mulher em Crato foi baleada num dos oito atentados dos últimos dias no Cariri
14 de novembro de 2017 às 16:54

O plantão policial dos últimos três dias registrou vários homicídios e oito tentativas na região do Cariri, sendo uma à bala em Crato, outra à faca em Abaiara, mais duas à bala em Juazeiro, três em Campos Sales e outra em Lavras da Mangabeira. Além disso, quatro casos de violência doméstica em Brejo Santo, Várzea Alegre, Lavras da Mangabeira e Crato; dois de agressões em Caririaçu e mais três de ameaças em Juazeiro, Lavras da Mangabeira e Crato.

Por volta das 19 horas desta segunda-feira, na Rua Coronel Luiz Teixeira no chamado “Beco do Cachimbo” no centro de Crato, a jovem Ana Jamylis Pires Arruda, de 19 anos, foi lesionada a tiros e socorrida ao Hospital São Camilo numa viatura da PM. Segundo familiares, o autor dos disparos teria sido uma pessoa identificada apenas por “João Victor”, que fugiu. Ela é acusada de um homicídio e crime de tráfico de drogas e terminou submetida a uma cirurgia.

A mesma cumpre pena domiciliar para cuidar de sua criança já que foi presa no dia 17 de setembro em Farias Brito juntamente com o seu namorado Caio Gabriel Martins Neris, de 18 anos, que continua na cadeia de Crato. Os dois são acusados do assassinato a golpes de faca de Patrícia Gomes de Mesquita, 36 anos, que residia no Conjunto Nossa Senhora de Fátima em Crato, cujo corpo foi encontrado no dia 16 de setembro perto da Faculdade de Agronomia após cinco dias desaparecida.

OUTROS – Antes, na manhã de sábado por trás do PSF do bairro Pio XII em Juazeiro, guardas municipais prenderam João Albenes Caetano, de 50 anos, que estava com uma faca ameaçando de morte Ana Paula da Silva, de 35 anos, residente naquele bairro. Às 16h30min, porém no Sítio Alecrim em Campos Sales, Sandoval Valério dos Santos, de 36 anos, estava em frente à sua casa quando dois homens numa moto Honda Fan Preta chegaram atirando. Ele correu adentrando um matagal e não foi atingido.

Uma hora e meia depois, no Bar de Deide no Sitio Areia em Abaiara, uma pessoa apelidada por “Chieta” lesionou com uma facada no rosto Francisco Tavares de Sousa, que foi socorrido ao hospital. O acusado fugiu e, na casa dele, a polícia apreendeu um revolver calibre 32, uma espingarda e a faca usada no crime. Já às 19h30min, na Rua Luiz Augusto (Bairro Novo Horizonte) em Lavras da Mangabeira, o comerciante Francisco Afonso Pinheiro Torres Júnior, de 34 anos, efetuou disparos em via pública.

A agricultora Maria Lucimeire de Lima Férrer, de 53 anos, disse que ia passando quando foi interpelada por Afonso perguntando pelo seu esposo Valnê Sousa Férrer, de 46 anos. Depois, o comerciante sacou uma pistola calibre 380 e atirou para cima fugindo em seguida. Por volta das 22 horas, porém na Rua Francisco de Sousa Neto (Bairro Morro Dourado) em Brejo Santo, a polícia prendeu o agricultor Sebastião Matias dos Santos, de 36 anos, residente no Sitio Poço do Pau, após este ameaçar de morte sua companheira Damiana Gonçalves da Silva, de 35 anos.

Às 17h30min deste domingo, em Várzea Alegre, uma jovem de 25 anos disse à polícia que seu companheiro, o flanelinha Luan Cordeira Costa, da mesma idade, tinha agredido-a e terminou preso. Meia hora depois, em frente a um quiosque às margens da BR-230 (Bairro Vila Bancaria) em Lavras da Mangabeira, dois homens encapuzados chegaram numa moto Honda Fan de cor vermelha atirando em Raimundo Rodrigues de Lima que saiu lesionado com cinco tiros e foi trazido ao HRC de Juazeiro.

Por volta das 20h30min uma adolescente de 14 anos foi atingida por uma bala perdida na Rua Maria Letícia Leite Pereira (Campo Alegre) em Juazeiro e terminou socorrida ao HRC. Segundo testemunhas, uma pessoa apelidada por “Damiãozinho” teria tentado matar um desafeto e atingiu à menor no abdômen e na perna esquerda. Uma hora depois, na Rua Genezaré (Bairro Poço) em Campos Sales, houve uma dupla tentativa de homicídio.

Antonia Mirian Gomes da Silva, de 19, e Luiz Américo Gualberto de Barros, o “Paulista”, estavam sentados na calçada quando chegaram dois homens em duas motos uma Honda POP 100 e outra Titan de cor vermelha com armas de fogo e puxando o gatilho, mas estas não dispararam. Já às 11 horas desta segunda-feira, na Rua Antônio Lobo em Lavras da Mangabeira, o autônomo Francisco M. Barros ameaçou de morte sua ex-companheira e terminou preso.

Meia hora depois, na Rua José Siebra de Oliveira (Bairro Mutirão) em Crato, Leonardo Teixeira Alves estava segurando sua ex-companheira Mikaele da Silva Ferreira contra a parede e só largou a mesma após agredí-la e ante a chegada de uma patrulha da PM. Às 17 horas, porém no bairro Paraíso em Caririaçu, a agricultora Maria Aparecida dos Santos Severino, de 26 anos, residente na Rua Santa Barbara (Bairro José Augustinho) foi presa após agredir Leni Moraes S. Vieira, de 35, e sua filha de 13 anos.

Cerca de meia hora depois, no Hospital São Camilo, um policial militar marido da paciente Raiany de Amorim Gonçalves queria agredir o médico Diego Barbosa chegando a sacar uma pistola e bater na porta do consultório que não foi aberta pelo profissional de saúde quando PM proferiu ameaças. Já às 18h30min, em frente à agência Pirajá do Banco do Brasil na Avenida Ailton Gomes em Juazeiro, um homem efetuou disparos contra outro que saiu correndo e não foi atingido, enquanto o acusado fugiu numa moto Honda Biz.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

143 total views, 1 views today

ComentáriosComentários