JPMotos
Acusado de crimes foi assassinado na sua casa em Potengi enquanto jantava
16 de abril de 2018 às 07:58
47
Visualizações

Dois meses e meio depois um novo homicídio aconteceu no município de Potengi. Por volta das 21 horas deste sábado o ex-presidiário José Nilton Estevão de Lima, de 29 anos, que era conhecido como “Nem”, foi morto com vários tiros. Ele estava jantando na sala de sua casa, na Vila Campo no bairro do mesmo nome, quando chegaram vários homens num veiculo HB20 ou Gol de cor branca ou prata e já adentraram o imóvel lesionando a vítima em várias partes do corpo causando sua morte no local.

Segundo a polícia, “Nem” respondia procedimentos por crimes de tráfico de drogas, furto, tentativa de homicídio, violência doméstica e foi posto em liberdade recentemente. No dia 23 de março de 2012 um TCO foi protocolado na Comarca de Potengi por crime praticado pelo mesmo e outros quatro comparsas contra Francisco Luciano da Silva. Além disso, Ação Penal a partir de Inquérito protocolado no dia 29 de agosto de 2014 por crime contra Josemar José de Oliveira.

Este foi o primeiro homicídio do mês de abril em Potengi e o segundo de 2018 ou a metade em relação ao ano passado no município. O outro deste ano tinha ocorrido no dia 29 de janeiro contra o comerciante Ricardo Rodrigues Pereira, de 28 anos, que residia na Vila Padre Cícero. Ele foi morto a tiros por dois homens numa moto em frente ao imóvel onde funcionou o Sousa Bar que era de sua propriedade e fechou após um homicídio ali registrado.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários