JPMotos
Acusado de esquartejar e atear fogo em garota de 15 anos foi morto em Santana do Cariri
24 de outubro de 2018 às 07:00
190
Visualizações

Pouco mais de três meses depois um novo homicídio foi registrado em Santana do Cariri. Por volta das 18 horas desta terça-feira populares encontraram em um matagal no Distrito de Brejo Grande na zona rural de Santana do Cariri o corpo de Fernando Coelho da Silva, de 30 anos. Ele morava na Rua Padre Cícero, 60 no centro da cidade e foi assassinado a tiros e golpes de faca.

Momentos antes a polícia tinha sido avisada sobre gritos de socorro nessa mesma área e uma patrulha com os Sargentos Duarte e Oliveira, o Cabo Haglaécio e os Soldados Bezerra e Rudson esteve no local, mas não encontrou a pessoa. Fernando respondia procedimentos por homicídio, três furtos, danos, receptação e era suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas.

Ele foi preso no dia 14 de setembro de 2015 ou dez dias após o achado da ossada de Maria Suyani de Sousa, de 15 anos, próximo de alguns pertences dela. A menina estava desaparecida desde o dia 17 de abril e Fernando é envolvido no esquartejamento da menor juntamente com sua ex-companheira, Lucilene Carlos de Sousa, de 30 anos, igualmente presa. Também foi apreendido o adolescente de iniciais R. A. X., o qual confessou que teria recebido do casal R$ 500,00 para atear fogo no corpo de Suyani.

Foi o primeiro homicídio de outubro em Santana do Cariri e o segundo do ano no município ou 66,66% em relação aos três assassinatos no ano passado. O outro deste ano aconteceu no dia 17 de julho quando Raimundo Nonato Taveira, de 39, foi morto com três facadas na Rua Plácido Cidades Nuvens perto do calçadão no centro da cidade. Ele morava na Rua São Pedro naquele município e o autor do crime foi Antonio Danilo Pereira Ribeiro, de 21 anos, o “Dodô”, com quem tinha rixas antigas o qual foi preso.


Com Parceria Site Miséria.com.br

Por Demontier Tenório

ComentáriosComentários