JPMotos
Acusado de matar Cruel a facadas em Juazeiro foi esfaqueado. Veja sua última entrevista
3 de abril de 2020 às 10:38
56
Visualizações

Uma tentativa de homicídio foi registrada por volta das 18 horas desta quinta-feira na Rua Juarez Távora (Vila Fátima) em Juazeiro do Norte. Raimundo Trajano da Silva, de 57 anos, foi esfaqueado por um vizinho seu que fugiu e a vítima terminou socorrida por populares ao Hospital Regional do Cariri. Na tarde do dia 16 de março de 2019, na Avenida Carlos Cruz, no mesmo bairro, Raimundo matou a golpes de faca Manoel Messias Araújo dos Santos, de 40 anos, o “Cruel” que residia na Vila Fátima.

Na época, foi preso em flagrante quando disse que estava bebendo e a vítima chegou o empurrando. Daí sacou a arma e o esfaqueou fato que, como disse em entrevista ao Site Miséria (Reveja no fim da matéria), não tinha lhe causado arrependimento. No dia seguinte, e já sóbrio, falou que estava arrependido quando era transferido para a cadeia pública. Raimundo já tinha sido vítima de lesão corporal e responde por crimes de injúrias e ameaças, sendo uma delas contra o seu próprio pai.

Na entrevista concedida à época, até proferiu ameaças contra outros dois desafetos. No dia seguinte, apenas falou que estava bêbado e não sabia o que estava fazendo e nem lembrava direito como tudo aconteceu. Raimundo já tinha sido vítima de duas tentativas de homicídios (junho de 2008 e março de 2012) em Juazeiro. Em abril de 2015 foi feito contra ele um TCO por ameaça contra o seu pai José Trajano da Silva. Em março de 2016 por injúria contra uma mulher. Em agosto daquele ano por ameaças contra Moisés Dantas Correia e José Ailton Botelho Tavares. Em abril de 2018, por crime de trânsito.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários