JPMotos
Apreensões de skunk, novo tipo de droga, têm se tornado frequentes no Ceará
1 de abril de 2019 às 06:07
19
Visualizações

Apreensões de um tipo diferente de maconha se tornaram frequentes este ano no Ceará. O skunk é resultado do cruzamento entre espécies diferentes da planta cannabis sativa.

Ele tem concentração de THC, substância que causa o efeito entorpecente, até cinco vezes maior do que na maconha comum, por isso, é considerado uma “supermaconha”.

O Ceará não tinha histórico frequente de apreensões de skunk, mas isso parece ter mudado neste ano. Nesta semana, uma mulher de 23 anos foi presa pela Polícia Federal no aeroporto de Fortaleza com 13 kg de skunk escondidos em uma mala.

 

Com Parceria Site Miséria.com.br
Por Tribuna do Ceará

ComentáriosComentários