JPMotos
Bandidos levaram mais de R$ 1 milhão em roubos simultâneos a carros-fortes
20 de fevereiro de 2018 às 11:34
120
Visualizações

Ainda na noite desta segunda-feira (19) a Polícia Rodoviária Federal informou que os criminosos que explodiram o carro-forte na BR-343, entre Altos e Campo Maior, levaram mais de R$ 1 milhão na ação.

Quase de forma simultânea, outro carro-forte também foi interceptado, na BR-343, só que dessa vez na região entre Lagoinha e Água Branca, próximo à localidade Estaca Zero. Nessa ação, não foi confirmado o valor que era transportado no veículo.

A Polícia acredita, após análise das perfurações na lataria dos veículos, que o bando estava usando armas exclusivas do Exército.

Na ação ocorrida em Altos, os criminosos fecharam o carro-forte na rodovia e já desceram atirando contra os vigilantes, dois deles foram alvejados, mas foram socorridos e passam bem, os outros dois escaparam sem ferimentos.

Na ocorrência em Lagoinha, outros dois vigilantes também foram atingidos, eles foram encaminhados ao hospital e não correm risco de morte.

Nos dois casos a polícia localizou os veículos usados pelo bando. Eram modelos SUV, importados e ambos estavam incendiados em estradas vicinais.

O inspetor Tony Carlos da Polícia Rodoviária Federal disse que se não houver um planejamento entre as polícias e os bancos, esse tipo de ocorrência vai se repetir várias vezes.

“Isso se repete, sempre no final de cada mês e nos primeiros dez dias do mês seguinte, eu acho que se não houver uma união, um planejamento estratégico envolvendo a inteligência da polícia, a inteligência bancária e todas as polícias, isso vai se repetir por muito mais vezes”, disse.

O delegado Emir Maia disse em entrevista à TV Cidade Verde, que existe a possibilidade de participação de pessoas locais, da região, nas ações, principalmente na ocorrência próximo à cidade de Água Branca.

180 Graus

ComentáriosComentários