JPMotos
Cariri com 11 mortes violentas em oito municípios no feriadão do trabalhador
3 de maio de 2017 às 06:15

O feriadão consagrado ao trabalhador teve o registro de 11 mortes violentas um pouco menos que as 15 do feriadão da Semana Santa e algo mais que as seis do feriadão de Tiradentes. Neste foram cinco homicídios, quatro quedas, uma morte no trânsito e um caso de engasgamento. Segundo levantamento feito pelo Site Miséria, foram quatro corpos de Juazeiro e os demais de Lavras da Mangabeira, Caririaçu, Crato, Nova Olinda, Salitre, Missão Velha e Milagres.

Por volta das 10 horas de sábado morreu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri o aposentado Antonio Pedro da Silva, de 85 anos, que residia na Rua Nossa Senhora de Lourdes, 78 (Franciscanos) em Juazeiro do Norte. Ele foi socorrido ao HRC às 13 horas de sexta-feira após se engasgar enquanto almoçava na sua residência, mas terminou falecendo.

Às 18h30min de sábado, na Rua do Horto em Juazeiro, os irmãos Aparecido Pereira da Silva, de 23, o “Bil”, e Francisco Pereira da Silva, de 34 anos, o “Taiá” que residiam na Rua José Arnaldo Bezerra Filho (Horto), foram mortos a tiros na cabeça e no tórax por quatro homens encapuzados que fugiram num Corolla de cor prata. Saiu baleado Edson Monteiro da Silva, de 26 anos, com um tiro no tórax, outro no abdômen e mais um no braço direito, sendo socorrido ao HRC. Segundo a polícia, “Bil” respondia por crime de porte ilegal de arma de fogo e “Taiá” era testemunha de um homicídio.

Já às 04h30min da madrugada deste domingo morreu no HRC em Juazeiro a aposentada Irene Lima de Freitas, de 82 anos, que morava na Rua Padre Raimundo Augusto, 221 (Bairro Cruzeiro) em Lavras da Mangabeira. Na última terça-feira, dia 25, a mesma sofreu uma queda da rede na qual dormia quando terminou socorrida por familiares ao hospital e faleceu cinco dias após.

Três horas depois Maria Silva de Lima, de 31 anos, foi morta com sete facadas dentro de sua casa no bairro Umari em Caririaçu pelo mototaxista José Roberto Oliveira Alves Silva, de 33 anos, residente na Rua Antonio Soares de Oliveira, 08 do Conjunto Edmilson Leite. Após o crime, ele apanhou sua moto Honda Fan 125 de cor azul e colidiu numa Topic na CE-060 perto do lixão de Caririaçu, sofrendo apenas escoriações leves pelo corpo. Ele confessou na Delegacia ter tentado o suicídio e a polícia soube que Zé Roberto é casado e tinha um romance há oito meses com Maria a qual engravidou e, contra a vontade dele, divulgou o fato no facebook.

Por volta das 11 horas o cadáver do aposentado José Augusto Barbosa, de 70 anos, foi encontrado dentro de sua casa na Rua Alexandrino Rolim de Alencar, 74 (Bairro Alto da Penha) em Crato. Segundo informações colhidas pela polícia, ele sofreu uma queda na escadaria do Restaurante Popular e teria passado a tarde inteira ingerindo bebidas alcoólicas. Vizinhos estranharam a demora para Augusto sair na rua quando descobriram que o mesmo tinha falecido.

Cerca de três horas após faleceu em um dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro o aposentado Valdemar Domingos de Souza, de 89 anos. Ele morava no Sítio Chiquitoso na zona rural de Nova Olinda, onde sofreu uma queda no último dia 19 de abril e terminou socorrido por familiares ao HRC, mas faleceu 11 dias depois em virtude do agravamento do seu quadro clínico.

Às 17h30min deste domingo morreu em um dos leitos do Hospital Santo Antonio de Barbalha o agricultor Joaquim Caetano da Silva, de 56 anos, que residia no Sítio Gia na zona rural de Salitre. Na última quarta-feira, dia 24, ele se envolveu num acidente com sua moto da qual caiu sofrendo traumatismo craniano quando foi socorrido ao hospital, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos falecendo quatro dias depois.

Enquanto isso, às 16 horas desta segunda-feira morreu no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro a aposentada Maria dos Anjos Santos, de 83 anos de idade. Ela morava no Sítio Riacho das Palmeiras na zona rural de Missão Velha e ali sofreu uma queda no domingo, dia 30 de abril, sendo socorrida ao HRC e faleceu cerca de 24 horas depois.

Já às 18h30min, em frente ao Bar do Picolé na Vila Padre Cícero em Milagres, José Helenilton de Oliveira Ferreira, de 27 anos, o “Biba” que morava naquele bairro, estava bebendo quando foi morto com cinco tiros a maioria na cabeça. Os autores fugiram numa moto e a vítima respondia por um crime de latrocínio, furtos, roubos e lesões corporais. No dia 24 de abril de 2010 ele matou a tiros de pistola o agricultor Raimundo Diniz Santos, de 38 anos, quando roubou sua moto e jogou dentro de um rio juntamente com o corpo da vítima.

Por volta das 23 horas Francisco Jéferson da Silva, de 19 anos, que residia na Rua Sebastião Mariano, 669 (Tiradentes) em Juazeiro, foi morto com 14 facadas na Rua Antônio Gonçalves Sobreira perto de sua casa. No local, a polícia não conseguiu informações sobre a autoria do crime. Dia 28 de junho de 2015 ele era menor quando foi apreendido com outro adolescente na Avenida Castelo Branco perto da Escola Tiradentes (Novo Juazeiro), praticando assaltos com um simulacro de arma de fogo.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

 

362 total views, 1 views today

ComentáriosComentários