JPMotos
Ceará terá dois representantes na Pasta da Segurança Pública do governo de Bolsonaro
29 de dezembro de 2018 às 06:00
22
Visualizações

Cesar Wagner Aginaldo

Delegado César Wagner: Senasp                        Coronel Aginaldo: Força Nacional de Segurança 

O Ceará estará representado na área da Segurança Pública no governo do presidente Jair Bolsonaro. A partir de janeiro, um oficial da Polícia Militar e um delegado da Polícia Civil do estado passam a integrar o “staff” do Governo Federal na área de prevenção e combate à violência no País. São dois grandes profissionais que, ao longo de suas carreiras, demonstraram dedicação ao trabalho e eficiência nas suas respectivas áreas de atuação.

O coronel PM Aginaldo Oliveira, atualmente à frente do Comando de Policiamento Especializado (CPE), é destaque na Corporação. Tem formação nas principais tropas de elite do País, entre elas o famoso Batalhão de Operações Especiais da PM do Rio de Janeiro, o Bope. Tornou-se um “caveira”, que na linguagem policial representa o ápice dos agentes especializados nas mais difíceis missões policiais, incluindo operações de resgate de reféns, combate a ações terroristas, sobrevivências em ambientes inóspitos e outros cenários que exigem gerenciamento de crises, como seqüestros, rebeliões em presídios, desarme de explosivos etc. Aginaldo chegou ao ápice da carreira e pela segunda vez vai ser o grande comandante da Força Nacional de Segurança (FNS), tropa especialíssima que pode atuar em qualquer parte do país com o aval do Ministério da Justiça e da Segurança Pública.

O segundo agente da Segurança cearense a ser convidado a compor o quadro sob a batuta geral do ex-juiz Sérgio Moro é o delegado de Polícia Civil, César Wagner Maia Martins, que já comandou a Polícia Civil do Ceará e fez uma gestão exitosa com a aproximação direta com a comunidade. Também instituiu um grupo de elite que combateu com eficiência a criminalidade na Capital, o GARRA (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos). César Wagner vai trabalhar na Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), a convite do general Guilherme Theóphilo.

E TEM MAIS:

* Confirmado no cargo, o delegado federal André Costa entra no ano de 2019 com a grave missão de tentar reverter os altíssimos índices da violência no estado. Não conseguiu durante o primeiro mandato de Camilo Santana. O ceará fecha 2018 com mais de 4.700 pessoas assassinadas.

* Quem é o padrinho de André Costa? Quem o sustenta no cargo mesmo com tantos índices alarmantes de violência no Ceará? As especulações são muitas. Com números pífios no final da gestão neste ano, Costa recebeu de Camilo Santana o aval para continuar no comando da SSPDS.

* Hora de repor o efetivo da PM. Dezenas de militares foram para a Reserva neste fim de 2018. Para conter essa sangria na tropa, o governo vai convocar 373 aprovados nos recentes concursos para a Corporação. O entra-e-sai nas fileiras impede que o Ceará aumente verdadeiramente o efetivo da PM.

* Secretaria da Segurança Pública finaliza o plano especial de segurança para a festa da virada do ano na Praia de Iracema. Cerca de 930 policiais estarão trabalhando no trecho que vai do Marina Park Hotel ao final da Avenida Beira-Mar, no bairro Mucuripe.

* O tenente-coronel PM, Jano Manuel, chefe da Assessoria de Desenvolvimento Institucional da Corporação é, mais uma vez, o responsável pelo planejamento da grande operação que vai proporcional a devida segurança a fortalezenses e turistas no show da Virada na orla da Capital.

* No apagar das luzes de sua gestão à frente da Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus), a procuradora de Justiça, Socorro França, inaugurou, ontem (27), o sistema de monitoramento eletrônico da Unidade Prisional José Sobreira de Amorim, que passa a contar com 150 câmeras.

* Entre janeiro e outubro, o estado de São Paulo registrou 84 assassinatos de mulheres. No Ceará foram 397, ou seja, quatro vezes mais. A matança de mulheres cearenses é mais uma face da perversa estatística da violência no nosso estado, onde o crime organizado dá as cartas.

* Secretário-adjunto da Segurança Pública e Defesa Social, coronel PM Alexandre Ávila, deve deixar o cargo mesmo com seu chefe, André Costa, permanecendo. Ávila deve ser indicado como o novo comandante-geral da Polícia Militar, substituindo o colega de farda, coronel PM Ronaldo Viana.

* E na Polícia Civil, quem será o substituto de Everardo Lima? Por enquanto, nenhuma definição, somente muitas apostas na “rádio peão”. Quem entrar vai enfrentar problemas, com as delegacias caindo aos pedaços e abarrotadas de presos, por falta de vagas no Sistema Penitenciário.

* O anunciado fim dos xadrezes nas delegacias não passou de uma grande balela. O que houve foram apenas transferências. Alguns distritos desativaram seus xadrezes, mas mandaram os presos para outras delegacias. Assim, o 2º DP (Aldeota) e o 34º DP (Centro) estão com as celas lotadas.

* Também há presos “vazando pelo ladrão” nas delegacias metropolitanas de Caucaia e Maracanaú, além da Capturas (Decap) e no Complexo de Delegacias das Especializadas (Code). Alias neste último, havia 111 detentos nos xadrezes no momento em que houve um motim seguido de morte no dia 24.

* Sabe onde também tem presos recolhidos em uma carceragem improvisada? Na Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza, que agora funciona na recém-inaugurada e badalada Casa da Mulher. Um dos presos é um homem doente e está separado dos demais, no famoso “passatempo”.

* Em menos de 24 horas, duas fugas foram registradas em cadeias públicas do interior cearense. A primeira, em Ibiapina, com quatro foragidos. A segunda, em Uruoca, com 13 foragidos. Até agora nenhum dos fugitivos foi recapturado. Nas cadeias do interior cearense, só fica preso quem quer.

* Com investimentos de R$ 55,8 milhões, o Batalhão Raio já está presente em mais de 40 cidades cearenses, com um efetivo estimado em 3,3 mil homens. A partir de janeiro, mais 21 Municípios cearenses vão ganhar bases do batalhão para o combate aos criminosos.

* Receberão o BPRaio os seguintes Municípios: Tabuleiro do Norte, Santana do Acaraú, Nova Russas, Bela Cruz, Paraipaba, Jaguaruana, Paracuru, Ubajara, Jaguaribe, Missão Velha, Pentecoste, Ipueiras, Massapê, Itaitinga, Guaraciaba do Norte, Várzea Alegre, Itarema, Ipu, Amontada, Pedra Branca e Mauriti. São Municípios com população igual ou superior a 30 mil habitantes.

E A PERGUNTA DO DIA: O novo secretário de Gestão Penitenciária terá mesmo “carta branca” do governo para reorganizar e disciplinar os presídios cearenses, hoje dominados pelas facções?

Com Informação Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários