JPMotos
Cinco tentativas de homicídios nas últimas horas em Juazeiro, Crato e Farias Brito
19 de abril de 2017 às 06:33

Além de cinco homicídios registrados nos últimos dias em Juazeiro, Brejo Santo, Abaiara, Crato, Barbalha e Missão Velha, houve cinco atentados. Segundo registros do plantão policial, foram três à faca em Crato, um em Farias Brito e outro à bala em Juazeiro. Quatro casos de violência doméstica também ocorreram, sendo dois em Várzea Alegre, um em Araripe e outro em Juazeiro, bem como um caso de agressão com capacete contra um homem em Crato.

Ainda na madrugada de sexta-feira uma cozinheira de 30 anos acionou a polícia de Várzea Alegre informando ter sido agredida e ameaçada por seu companheiro Cícero Costa Fernandes. O fato aconteceu na residência do casal quando ela e seus filhos menores foram expulsos de casa. A polícia foi lá, mas o acusado já tinha fugido e não foi encontrado.

Pouco tempo depois, na Rua Ales Ribeiro (Bairro Vila Alta) em Crato, o adolescente Carlos Willian Ferreira de Lima, de 16 anos, foi lesionado com uma facada no ombro direito pelo próprio tio Francisco Antonio de Lima, de 26 anos, que fugiu. Já no final da madrugada, porém na Rua Odílio Figueiredo (Romeirão) em Juazeiro, a polícia prendeu Edmilson B. Ferreira, de 27,  e Alexsandro N de Oliveira, de 24 anos, com um revólver calibre 38 tendo dois cartuchos intactos e três deflagrados.

A polícia soube que, momentos antes, a dupla tinha tentado um assalto atirando contra o piloto de uma moto, mas atingindo nas nádegas uma criança de 7 anos que estava na garupa e foi socorrida ao Hospital Regional do Cariri. No início da tarde, a polícia de Araripe prendeu José do Carmo Barbosa, de 57 anos, residente no Bairro Sipaúba I, após este ameaçar de morte sua ex-companheira Maria do Socorro Alves da Silva, de 39 anos.

Ela disse que, ao sair de casa, foi abordada pelo acusado ameaçando-a de morte. A polícia esteve no local, mas o acusado tinha fugido. Pouco depois, a vítima voltou a acionar a polícia comunicando novas ameaças por parte do agressor já no local de trabalho dela na Funerária Henrique Jorge que funciona na Rua Vicente Alencar Barbosa no Centro. Inclusive, chutando o portão do estabelecimento quando terminou preso por descumprir, também, medidas protetivas judiciais.

Por volta das 19 horas, na Rua Elísio Saldanha, 12 (Vila São Bento) em Crato, houve uma briga de vizinhos quando Paulo Henrique do Nascimento, de 21 anos, foi lesionado com uma facada na cabeça por Robson Souza o qual fugiu. Duas horas depois, no bairro Aeroporto em Juazeiro, uma mulher de.33 anos avisou à polícia que seu ex-marido estava na porta de sua casa ameaçando-a. Ialison da Silva, de 30 anos, correu para um matagal, mas terminou preso.

Ás 23 horas o estudante de iniciais J. D. R. D. A, residente no Sitio Lagoa Seca (Distrito de Quincuncá) em Farias Brito, foi agredido violentamente por quatro jovens causando lesões pelo corpo. O rapaz foi socorrido pelo pai Oraci Fernandes de Alcântara ao Hospital de Farias Brito e, na manhã de sábado, dois dos acusados foram presos e trazidos à Delegacia de Polícia Civil de Crato.

Por volta das 14h30min de Sábado Maria Rosália Alencar do Nascimento, de 46 anos, foi agredida e ameaçada pelo seu irmão José Alencar do Nascimento, de 35 anos, em Várzea Alegre. Ele estava embriagado e terminou preso. Na tarde de domingo, na Rua Miguel Siebra de Brito (Bairro São Miguel) em Crato, Caio Nélson fugiu após agredir com um capacete o cozinheiro Henrique Barros do Nascimento, de 43 anos. Já nesta segunda-feira, no Mercado Central de Crato, José Ricardo Félix da Silva, de 36 anos, residente no bairro Seminário, foi lesionado com duas facadas no braço.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

176 total views, 3 views today

ComentáriosComentários